Repositório Digital

A- A A+

Caracterização qualitativa preliminar dos componentes dos bio-óleos de palha de milho e bagaço de casca de acácia negra

.

Caracterização qualitativa preliminar dos componentes dos bio-óleos de palha de milho e bagaço de casca de acácia negra

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização qualitativa preliminar dos componentes dos bio-óleos de palha de milho e bagaço de casca de acácia negra
Autor Stobbe, Ana Quézia
Orientador Zini, Claudia Alcaraz
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Curso de Química Industrial.
Assunto Biomassa
Pirólise
Resumo As biomassas de palha de milho e bagaço de casca de acácia foram pirolisadas e os bio-óleos resultantes foram analisados por cromatografia gasosa com detector espectrométrico de massas. Foram tentativamente identificados 42 compostos no bio-óleo de palha de milho sendo que os dois compostos majoritários foram eugenol (14,6%) e dihidro-benzeno (8,1%). Os compostos majoritários no pirolisado de bagaço de casca de acácia negra foram cresol (9,6%) e siringol (6,3%). Os percentuais de área cromatográfica para os compostos fenólicos foram de 55% para o bio-óleo de casca de acácia e 58% para o bio-óleo de palha de milho. Os altos percentuais de compostos fenólicos destes resíduos apontam para o potencial dos mesmos para fabricação de resinas fenólicas e para defumação de alimentos, de forma que, tanto a palha de milho, como o bagaço da casca de acácia negra possam, eventualmente, ser empregados para produção de compostos de maior valor agregado, minimizando riscos ambientais pela sua incorreta disposição final e elevando-os à condição de matéria prima para novos processos.
Abstract The biomasses corn husk and bagasse of black wattle bark were pyrolysed and the resulting bio-oils were analyzed using gas chromatography with a mass spectrometric detector. Forty-two compounds were tentatively identified in the bio-oil of corn husk and its major components were eugenol (14,6%) and dihydro benzene (8,1%). The main compounds in the bio-oil of the bagasse of black wattle bark were cresol (9,6%) e syringol (6,3%). Chomatographic analysis showed that phenolic compounds represented 55% and 58% of the total chromatographic area of the bio-oils of corn husk and bagasse of black wattle bark, respectively. This high percentage of phenolic compounds points the potential of both bio-oils for the production of phenolic resins and also for their use as wood smoke in the food industry. It means that both biomasses may eventually be employed for the production of added value compounds, minimizing environmental risk related to non-appropriate conditions of their final disposal and may also turn these residues into raw materials of new processes.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/37343
Arquivos Descrição Formato
000821251.pdf (833.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.