Repositório Digital

A- A A+

A educação sexual e a sexualidade de adolescentes na visão de educadores do ensino médio

.

A educação sexual e a sexualidade de adolescentes na visão de educadores do ensino médio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A educação sexual e a sexualidade de adolescentes na visão de educadores do ensino médio
Autor Becker, Cláudia Martinez
Orientador Weissheimer, Anne Marie
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Educação sexual
Sexualidade : Adolescente
Resumo Este trabalho é um estudo exploratório descritivo, com abordagem qualitativa, com o objetivo geral de conhecer a visão que os educadores de ensino médio têm sobre a educação sexual no cotidiano de sala de aula. As informações foram coletadas através de entrevistas semi-estruturadas com 13 professores de uma escola estadual de ensino médio em Porto Alegre, das três grandes áreas de conhecimento: ciências da natureza e matemática; ciências humanas e linguagens. O projeto recebeu aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da UFRGS. As informações foram analisadas conforme a técnica de análise de temática proposta por Minayo (2008), através da qual se obteve três temas: ‘Sou professor. E agora: como abordar a sexualidade com os adolescentes?’; ‘E o que se passa pela cabeça e na vida dos meus alunos?’ e ‘A escola como espaço para falar, para ousar e para experimentar’. Entre os resultados, destaca-se a naturalidade com que os professores procuram tratar a temática sexualidade com seus alunos, pois apesar de não estar inserida nas disciplinas dos professores entrevistados, os mesmos procuram abordá-la quando surgem dúvidas, conforme a demanda dos alunos. Os temas mais abordados pelos educadores em sala de aula foram: gravidez, homossexualidade e DSTs. Salienta-se a importância da família na educação sexual dos adolescentes e a necessidade de sua integração no processo educativo dos alunos. Os professores enfatizaram que a escola não se encontra preparada para lidar com esse assunto. Desse modo, se faz necessária a participação dos profissionais da área da saúde, em especial da enfermagem, para atuar junto aos alunos e capacitar os educadores para trabalhar com o tema. Fica evidente a necessidade da maior inserção do enfermeiro nas escolas, interagindo com os alunos, professores e pais, desempenhando o seu papel de educador, para promover, prevenir e proteger a saúde dos adolescentes.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/37505
Arquivos Descrição Formato
000822803.pdf (960.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.