Repositório Digital

A- A A+

A língua ao rés-do-chão: estratégias cronísticas de Cláudio Moreno na coluna O Prazer das Palavras

.

A língua ao rés-do-chão: estratégias cronísticas de Cláudio Moreno na coluna O Prazer das Palavras

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A língua ao rés-do-chão: estratégias cronísticas de Cláudio Moreno na coluna O Prazer das Palavras
Autor Herbele, Pedro Schmidt
Orientador Golin, Cida
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo.
Assunto Jornalismo : Crônica
Língua portuguesa
Zero Hora (Jornal). Caderno Cultura
[en] Chronicle
[en] Cláudio Moreno
[en] Narrative
[en] O Prazer das Palavras
[en] Portuguese
Resumo Esta monografia estuda a coluna O Prazer das Palavras, de Cláudio Moreno, publicada quinzenalmente no Caderno Cultura do jornal Zero Hora. O objetivo geral é analisar as relações entre as figuras do narrador e narratário em crônicas de conteúdo especializado. O trabalho partiu da seguinte pergunta: – quais as estratégias utilizadas pelo narrador para aproximar-se do leitor, trazendo a norma culta da língua portuguesa ao rés-do-chão? Por meio de pesquisa bibliográfica, contextualizamos a crônica dentro do suplemento cultural, espaço de tensão e de mediação de saberes. Através de entrevista em profundidade conversamos com o próprio autor da coluna a fim de bem delimitar seu perfil e trajetória profissional. Finalmente, empregamos fundamentos da narratologia para analisar um corpus de nove textos, divididos em cinco temas, publicados de janeiro a maio de 2011. Foi constatado que o narrador Cláudio Moreno se utiliza de estratégias cronísticas muito bem definidas para aproximar o leitor de seu texto, como o humor e o tratamento direto. Seu texto foge do estilo acadêmico e visa a fazer uma ponte entre o conhecimento erudito da língua portuguesa e o leitor médio culto, que o procura não apenas para solucionar dúvidas, mas também para se divertir.
Abstract This paper examines the column O Prazer das Palavras, by Cláudio Moreno, which is published biweekly in the Caderno Cultura of the daily newspaper Zero Hora, of Porto Alegre, Brazil. The overall objective is to analyze the relationship between the narrator and the reader in specialized content essays. This work was based on the following question: - what are the strategies used by the narrator to bring the reader closer, bringing the Portuguese language to a fundamental, easy-to-understand level? Through research, we contextualized the essay within the cultural supplement, a space of tension and mediation. Through in-depth interviews with the author of the column we were able to define various aspects of his profile and career. Finally, we employed principles of narratology to analyze a group of nine texts, which were divided into five themes, published from January to May 2011. We found that the narrator Cláudio Moreno made use of very clearly defined essay strategies to bring his reader closer to the text, such as humor and direct address of the reader. The author does not have an academic writing style; he aims to create a connection between formal Portuguese and the average cultured reader, who looks to Moreno not only for answers to his questions, but also for entertainment.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/37582
Arquivos Descrição Formato
000822302.pdf (4.523Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.