Repositório Digital

A- A A+

A representação da identidade do leitor da Turma do Fundão na Revista Mundo Estranho

.

A representação da identidade do leitor da Turma do Fundão na Revista Mundo Estranho

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A representação da identidade do leitor da Turma do Fundão na Revista Mundo Estranho
Autor Müller, Mariana Scalabrin
Orientador Storch, Laura Strelow
Co-orientador Benetti, Márcia
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo.
Assunto Jornalismo
Leitor
Mundo Estranho (Revista)
Resumo Este trabalho pretende analisar a representação do leitor, membro da “Turma do Fundão”, na revista Mundo Estranho. A “Turma do Fundão” (TdF) é um grupo de leitores escolhido pela publicação por meio de um processo seletivo para participar da produção mensal da revista Mundo Estranho, opinando e sugerindo conteúdos e pautas. Foram analisadas nessa pesquisa as edições de outubro de 2010 a agosto de 2011, correspondendo aos leitores da primeira “TdF”; além das publicações do blog “Turma do Fundão” entre julho e agosto de 2011, que corresponde ao período de seleção do segundo grupo de leitores integrantes da “TdF”. Por fim, observamos também as manifestações editoriais da revista sobre seu leitor e a “Turma do Fundão”, durante o ano de análise. O objetivo dessa pesquisa é compreender como a revista representa a identidade do seu leitor, a partir da “Turma”. A fundamentação teórica parte de conceitos de identidade trazidos por Stuart Hall e procura discutir aspectos dos processos de leitura, a partir de autores como Lucia Santaella e Roger Chartier. Procuramos desenvolver teoricamente o jornalismo de revista, pensando a definição de suas características principalmente em Maria Celeste Mira e Marília Scalzo. A partir da metologia utilizada, a análise de conteúdo, e pelas análises desenvolvidas, foi possível concluir que a revista utiliza a presença dos membros da “Turma do Fundão” como estratégia de legitimação de decisões editoriais anteriores. Ao mesmo tempo, a publicação representa o seu leitor com características e preferências específicas que, muitas vezes, não coincidem com os dados apresentados pelos leitores empíricos, no exemplo das informações oferecidas pelos participantes no processo seletivo para a Turma do Fundão.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/37640
Arquivos Descrição Formato
000822324.pdf (1.466Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.