Repositório Digital

A- A A+

Platoon : o produto cinematográfico como discurso histórico

.

Platoon : o produto cinematográfico como discurso histórico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Platoon : o produto cinematográfico como discurso histórico
Autor Bizotto, Diogo
Orientador Rossini, Miriam de Souza
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo.
Assunto Discurso histórico
Guerra do Vietnã (1954-1975)
Platoon (Filme)
Resumo A partir do filme Platoon, escrito e dirigido por Oliver Stone, esta pesquisa busca analisar a validade dos produtos cinematográficos como construtores de discurso histórico acerca de um fato passado, produzindo conhecimento e suscitando novas discussões a seu respeito. O objeto em questão aborda um dos mais importantes eventos da recente história norte-americana, a Guerra do Vietnã, um dos principais confrontos armados ocorridos no século XX. O estudo de Platoon além de suas atribuições como produto cultural se deu através, primeiramente, de uma contextualização histórica da Guerra do Vietnã, oferecida por Paulo G. Fagundes Vizentini, além de uma recapitulação a respeito da filmografia norte-americana dedicada às guerras, fornecida principalmente por Albert Auster e Leonard Quart. Faz-se presente também uma apresentação das características que tornam o cinema um espaço propício à representação de narrativas, embasada especialmente por Jacques Aumont, Graeme Turner, Francis Vanoye e Anne Goliot-Lété. O exame específico de Platoon a partir das discussões de caráter histórico e a respeito da linguagem cinematográfica fornecidos previamente foi delineado por Graeme Turner, e recebeu aportes de Albert Auster e Leonard Quart, além de Robert Rosenstone, autor que levanta a hipótese de que Oliver Stone possa ser visto como um cineasta historiador. A análise empreendida permitiu chegar à conclusão que, apesar das subjetividades inerentes a um produto ficcional, Platoon é uma obra dotada de legitimidade na construção de discurso histórico, obtido através de dois aspectos em especial: a relação de Oliver Stone com a Guerra do Vietnã, onde foi soldado entre 1967 e 1968, fator que ajudou a atribuir grande verossimilhança aos eventos representados pelo filme, emprestando-lhe credibilidade; além de, através da representação de seus personagens, suscitar reflexão acerca dos fatos relacionados à Guerra do Vietnã na época em que ela ocorreu e a respeito da influência que teve na sociedade norte-americana, sentida até a atualidade.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/37643
Arquivos Descrição Formato
000822510.pdf (1.158Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.