Repositório Digital

A- A A+

Avaliação agronômica morfológica e molecular de progênies de policruzamento de trevo branco (Trifolium repens L.) em dois locais do Rio Grande do Sul

.

Avaliação agronômica morfológica e molecular de progênies de policruzamento de trevo branco (Trifolium repens L.) em dois locais do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação agronômica morfológica e molecular de progênies de policruzamento de trevo branco (Trifolium repens L.) em dois locais do Rio Grande do Sul
Outro título Agronomic, morphological e molecular evaluation of white clover (Trifolium repens L.) polycrosses progeny in two places of Rio Grande do Sul
Autor Schneider, Raquel
Orientador Dall Agnol, Miguel
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Leguminosa forrageira
Rio Grande do Sul
Trevo branco
Resumo O trevo branco é uma das leguminosas forrageiras mais utilizadas em pastagens consorciadas durante o inverno e primavera no RS, mas apesar disso pode apresentar problemas de persistência, principalmente no verão. O objetivo desse trabalho foi selecionar genótipos mais produtivos e tolerantes à baixa disponibilidade hídrica, avaliando agronomicamente suas progênies e caracterizando-os morfologicamente e geneticamente com o auxílio de marcadores moleculares do tipo SSR. A avaliação agronômica realizou-se na EEA/UFRGS, em Eldorado do Sul e na Embrapa CPPSul, no município de Bagé. Foi avaliada a produção de matéria seca (MS) de 22 progênies e duas cultivares UFRGS e Jacuí de trevo branco, consorciadas com azevém (Lolium multiflorum Lam.) durante os anos de 2008 e 2009. As progênies foram caracterizadas utilizando-se nove marcadores morfológicos em vinte plantas de cada tratamento. As plantas mãe e as progênies foram caracterizadas geneticamente utilizando-se cinco primers SSR. A média de produção de MS de trevo branco durante os dois anos foi de 3671 e 2107 Kg/ha, em Eldorado do Sul e Bagé, respectivamente. A análise estatística separou os tratamentos em dois grupos em ambos locais pelo teste de Scott & Knott (P < 0,05). Em Eldorado do Sul e Bagé a cultivar Jacuí mais treze progênies formaram os grupos com maior produção. Sete progênies ficaram no grupo ―a‖ em ambos os locais, enquanto que somente a cultivar UFRGS e uma progênie apresentaram menores produções nos dois locais, havendo interação genótipo x ambiente. O grupo de descritores morfológicos utilizados permitiu uma boa caracterização dos genótipos avaliados, com a maioria das progênies apresentando pelo menos uma diferença morfológica em relação aos cultivares comerciais. Existe variabilidade genética no germoplasma analisado quanto às características morfológicas e moleculares. Neste trabalho foi verificado que é possível selecionar genótipos mais produtivos e mais resistentes as condições do verão, otimizando a utilização desta espécie.
Abstract White clover is a legume forage most widely used in pastures during the winter and spring in the RS, but nevertheless may have persistence problems, especially in summer. The aim of this work was to select higher forage yield and tolerance to low water availability genotypes, evaluating agronomically their progeny and characterizing them morphologically and genetically with the aid of SSR molecular markers. The agronomic evaluation was performed at the EEA / UFRGS, in Eldorado do Sul and Embrapa CPPSUL in the city of Bage. Was evaluated the DM yield of 22 progenies and the two white clover cultivars UFRGS and Jacuí, intercropped with ryegrass (Lolium multiflorum Lam.), during the years 2008 and 2009. The progenies were characterized using nine morphological markers in twenty plants of each treatment. The mother plants and progenies were genetically characterized using five SSR primers. The average DM yield of white clover during the two years was 3671 and 2107 kg / ha, in Eldorado do Sul and Bage, respectively. Statistical analysis separated the treatments into two groups in both locations by Scott & Knott (P <0.05) test. In Eldorado do Sul and Bage the cultivar Jacuí more thirteen progenies formed groups with higher production. Seven progeny were in the group "a" in both places, while only the cultivar UFRGS and one progenie had lower production in the two sites, there genotype-environment interaction. The group of morphological traits used to allow a good characterization of genotypes, with most of the progenies presenting at least one morphological difference compared to commercial cultivars. There is genetic variability in the germplasm analyzed for the morphological and molecular characteristics. This work verified that it is possible to select genotypes more productive and more resistant to summer conditions, optimizing the use of this specie.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/37800
Arquivos Descrição Formato
000823320.pdf (4.662Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.