Repositório Digital

A- A A+

Ritmo da fala na língua de sinais : complementaridade entre dois sistemas de comunicação

.

Ritmo da fala na língua de sinais : complementaridade entre dois sistemas de comunicação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ritmo da fala na língua de sinais : complementaridade entre dois sistemas de comunicação
Autor Silva, Mariana Feller Gonçalves da
Orientador Gomes, Erissandra
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Fonoaudiologia, ênfase em Infância.
Assunto Língua de sinais
Surdez
[en] Deafness
[en] Overlay codes
[en] Sign language
Resumo A literatura tem enfatizado a importância do profissional com surdez no ensino de alunos surdos para que a apropriação da língua de sinais ocorra de forma natural. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi analisar a execução da língua de sinais por professores ouvintes investigando se a língua oral influencia a língua de sinais através do som. A coleta foi realizada com 15 participantes, com idades entre 26 e 54 anos. Resultados: Nessa amostra, 73.3% dos sujeitos falam enquanto sinalizam e 86,7% deles fazem movimentos que coincidem com o número de sons de mais de 50% das palavras alvo. A fluência e a freqüência de sobreposição de códigos na língua de sinais não estão relacionadas ao tempo de contato dos ouvintes com a língua (p=0,31). Conclusões: Observa-se que a língua de sinais, quando utilizada por um ouvinte é, de certa forma, contaminada pela língua oral. Esperamos, através deste estudo, contribuir nas reflexões sobre o ensino e educação de crianças surdas por ouvintes, assim como sobre o processo de capacitação de instrutores/professores e intérpretes da língua de sinais.
Abstract The literature has emphasized the importance of professional with deafness in teaching deaf students for the appropriation of the sign language occurs naturally. Thus, the objective of this study was to analyze the performance of listeners teachers in sign language (SL), investigating whether oral language influences the sign language through sound. Data collection was conducted with 15 participants, aged between 26 and 54 years. Results: In this sample, 73.3% of the subjects speak while signalize and 86.7% of them do movements that match with the number of sounds from more than 50% of the target words. Fluency and the frequency of overlapping codes in sign language are not related to the time of contact of listeners with the SL (p = 0.31). Conclusions: It is noted that the SL, when used by a listener, is somehow contaminated by the oral language. Hopefully, through this study, contribute to the reflections on teaching and education of deaf children by listeners, as well as on the process of training of instructors, teachers and interpreters of SL.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/37907
Arquivos Descrição Formato
000823382.pdf (261.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.