Repositório Digital

A- A A+

Impacto do zumbido na qualidade de vida de idosos socialmente ativos

.

Impacto do zumbido na qualidade de vida de idosos socialmente ativos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Impacto do zumbido na qualidade de vida de idosos socialmente ativos
Autor Xavier, Glessy de Oliveira
Orientador Teixeira, Adriane Ribeiro
Data 2011
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Fonoaudiologia, ênfase no Envelhecimento.
Assunto Distúrbios da audição
Idoso
Interação social
[en] Ageing
[en] Older people
[en] Tinnitus
Resumo Introdução: O zumbido é um sintoma que pode afetar a qualidade de vida dos indivíduos, causando restrição de participação. Objetivo: Este trabalho buscou avaliar a influência do zumbido na qualidade de vida de um grupo de idosos com estilo de vida ativo. Métodos: Foram avaliados 36 indivíduos, de ambos os sexos (28% do sexo masculino e 72% do sexo feminino), com idades entre 60 e 83 anos (média 68,7% anos), todos com sintoma de zumbido. Foi aplicado um questionário sócio-demográfico e o Tinnitus Handicap Inventory (THI) para a análise da influência do zumbido na qualidade de vida. Resultados: Constatou-se que a influência na qualidade de vida foi discreta em 15 idosos (42,8%), leve em 11 idosos (31,4%), moderada em 4 idosos (11,4%), severa em 4 (11,4%) e catastrófica em 2 (5,2%) idosos. Conclusão: A maior parte dos idosos avaliados apresentava influência discreta e leve. Hipotetiza-se que o estilo de vida ativo possa estar influenciando neste resultado, uma vez que o número de idosos classificados como apresentando influência discreta ou leve são superiores a outras pesquisas descritas na literatura especializada.
Abstract Introduction: Tinnitus is a symptom, which affects quality of life of individuals, and the disturbance provoked may restrict individuals’ activities and disturb sleeping. Objective: Evaluate the influence of tinnitus on the quality of life over a group of elderly subjects with na active life style. Methods: 35 elderly patients of both sexes have been evaluated (28% male and 72% female), ages varying from 60 to 83 year-old subjects (average age 68,7), all presenting a tinnitus symptom and all considered active, because they attended The Best Age University or joined physical activities at the same University. They have been applied a social-demographic questionnaire and the Tinnitus Handicap Inventory (THI) for analysis on the influence of tinnitus on the quality of life. Results: Most of the elderly patients evaluated showed a discreet and light influence. We assume that the active life style may be influencing such results, once the number of elderly patients classified as having discreet or light influence is superior to other researches described in specialized literature.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/37914
Arquivos Descrição Formato
000823427.pdf (354.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.