Repositório Digital

A- A A+

Associação entre perda auditiva e distúrbios da atenção em um grupo de idosos

.

Associação entre perda auditiva e distúrbios da atenção em um grupo de idosos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Associação entre perda auditiva e distúrbios da atenção em um grupo de idosos
Autor Camargo, Katiúscia Dornelles
Orientador Teixeira, Adriane Ribeiro
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Fonoaudiologia, ênfase no Envelhecimento.
Assunto Atencao : Cognicao
Distúrbios da audição
Idoso
[en] Aging
[en] Attention
[en] Cognition
[en] Hearing loss
Resumo Introdução: O envelhecimento populacional está se tornando uma tendência mundial e traz consigo uma série de alterações físicas, psicológicas e sociais. O termo presbiacusia refere-se à perda auditiva associada ao envelhecimento. Além da perda auditiva, os idosos podem apresentar declínio cognitivo, que podem afetar a sua capacidade funcional e com conseqüente perda de qualidade de vida. Objetivo: verificar se existe associação entre perda auditiva e distúrbios da atenção do idoso, bem como verificar se as variáveis sexo, faixa etária, escolaridade, nível sócio-econômico e hábitos de leitura e escrita influenciam nesta associação. Métodos: Participaram da pesquisa 34 idosos, 5 do sexo masculino e 29 do sexo feminino, com e sem perda auditiva. Os idosos foram avaliados por meio do subteste de atenção da Avaliação Neuropsicológica Breve (NEUPSILIN). Foram excluídos indivíduos com histórico de alterações neurológicas ou com pontuação no teste Mini-Mental que indicasse presença de alterações cognitivas. Idosos com perdas auditivas que impedissem a compreensão das ordens dos testes também foram excluídos. Resultados: Constatou-se predominância de idosos com idade entre 60 e 69 anos (16 - 47%). Com relação à audição constatou-se que 19 idosos (56%) apresentaram limiares auditivos normais e 15 (44%) apresentaram perda auditiva. Não se observou associação entre perda auditiva e distúrbios da atenção. A variável sexo influenciou na repetição de dígitos, onde os indivíduos do sexo feminino apresentaram escores (0,54±1,23; mediana=0,16) mais elevados os indivíduos do sexo masculino (-0,48±0,75; mediana=-0,60). Quanto à faixa etária, observou-se que influenciou somente no subteste da contagem inversa. O nível sócio-econômico e hábitos de leitura e escrita não influenciaram na atenção. Conclusão: Não houve associação entre a atenção e a presença de perda auditiva. Constatou-se associação entre alguns aspectos da atenção, faixa etária e sexo.
Abstract Introduction: The aging population is becoming a global trend and brings a series of physical, psychological and social changes. The term presbycusis refers to hearing loss associated with aging. In addition to hearing loss, the elderly may have cognitive impairment that may affect their functional capacity and consequent loss of quality of life. Objective: To investigate the association between hearing loss and attention disorders in the elderly, and to verify if the variables sex, age, education, socio-economic and habits of reading and writing influence this association. Methods: There were 34 subjects, 5 males and 29 females, with and without hearing loss. The elderly were assessed by subtest of attention from the Brief Neuropsychological Assessment (NEUPSILIN). Individuals with a history of neurological disorders or with the presence of cognitive impairment showed on Mini-Mental test were excluded. Elderly people with hearing loss that prevented understanding of the orders of testing were also excluded. Results: We found a predominance of elderly aged 60 and 69 years (16-47%). With respect to the hearing it was found that 19 subjects (56%) had normal hearing and 15 (44%) had hearing loss. There was no association between hearing loss and disorders of attention. The variable sex influenced the repetition of digits, where the females had scores (0.54 ± 1.23, median = 0.16) higher than the male subjects (-0.48 ± 0.75, median = -0.60). As to age, it was observed that influenced only subtest score in reverse. The socio-economic and habits of reading and writing did not influence the attention. Conclusion: No association between attention and hearing loss. We found an association between some aspects of care, age and sex.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/37920
Arquivos Descrição Formato
000823535.pdf (9.302Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.