Repositório Digital

A- A A+

Índice de desvantagem vocal em pacientes adultos e idosos com queixas otorrinolaringológicas

.

Índice de desvantagem vocal em pacientes adultos e idosos com queixas otorrinolaringológicas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Índice de desvantagem vocal em pacientes adultos e idosos com queixas otorrinolaringológicas
Autor Barbosa, Cláudia Amonte
Orientador Dornelles, Silvia
Data 2011
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Fonoaudiologia, ênfase no Envelhecimento.
Assunto Idoso
Otorrinolaringologia
Voz
Resumo A qualidade vocal é considerada o mais completo atributo de um indivíduo, fornecendo indícios sobre os parâmetros físicos, psicológicos e sociais. A autoavaliação é uma forma de analisar as dificuldades vocais do ponto de vista do paciente. O protocolo Voice Handicap Index (VHI) foi traduzido e validado para o português brasileiro como Índice de Desvantagem Vocal (IDV), e atende aos preceitos de qualidade vocal no que tange ao acompanhamento clínico acerca de sujeitos com queixas de voz. Desta forma, o presente estudo teve como objetivo caracterizar o perfil dos sujeitos e de suas respostas apontadas no IDV, todos com queixas otorrinolaringológicas, os quais buscaram atendimento especializado. Ao final dessa pesquisa, pode-se concluir que o resultado obtido por meio do levantamento de respostas do IDV, na amostra estudada, apresentou-se com o seguinte perfil: a faixa etária variou de 18 a 82 anos de idade, com concentração na de 31 a 50 anos, sendo o sexo feminino com maior registro de casos e a disfonia funcional com predomínio no diagnóstico. Quanto à dimensão emocional do IDV, esta apresentou correlação direta significativa com a idade, ou seja, quanto maior a idade do paciente maiores tendem a ser os valores obtidos nessa variável. Existe diferença significativa para os valores de IDV – orgânico, IDV – emocional e IDV – total para os 3 tipos de diagnósticos ORL. Dessa forma, com relação à dimensão IDV – orgânico, com maior registro pela amostra do estudo, a disfonia funcional apresenta valores significativamente inferiores aos tipos de disfonia orgânico e orgânico-funcional.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/37927
Arquivos Descrição Formato
000823905.pdf (561.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.