Repositório Digital

A- A A+

Evaluation of the heme oxygenase-1 expression in esophagitis and esophageal cancer induced by different reflux experimental models and diethylnitrosamine

.

Evaluation of the heme oxygenase-1 expression in esophagitis and esophageal cancer induced by different reflux experimental models and diethylnitrosamine

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evaluation of the heme oxygenase-1 expression in esophagitis and esophageal cancer induced by different reflux experimental models and diethylnitrosamine
Outro título Avaliação da expressão da Heme Oxigenase-1 em esofagite e câncer de esôfago induzidos por diferentes modelos experimentais de refluxo e diethilnitrosamina
Autor Kruel, Cleber Rosito Pinto
Pinto, Luis Felipe Ribeiro
Blanco, Tania Cristina Moita
Fidalgo, Theresa Christina Barja
Melo, Levi Lorenzo
Kruel, Cleber Dario Pinto
Resumo Objetivo: Estudar a expressão da HO-1 (enzima induzida pelo estresse) em diferentes peças esofágicas obtidas de um estudo experimental em ratos que avaliou o papel do refluxo gastroesofágico e duodeno esofágico na carcinogênese experimental. Métodos: Blocos de parafina contendo peças de esôfago provenientes de um estudo experimental com ratos foram utilizados para verificar a expressão imunohistoquímica da HO-1. Os ratos haviam sido divididos nos seguintes grupos: (1) Cardioplastia com o objetivo de promover refluxo ácido, (2) Anastomose esofagoduodenal para indução de refluxo misto (ácido e biliar), (3) sem tratamento (controles), (4) cardioplastia + dietil-nitrosamina (DEN), (5) Anastomose esofagoduodenal + DEN, (6) DEN. Amostras contendo três peças de cada grupo com as lesões histopatológicas mais graves encontradas em cada braço do estudo foram escolhidas para avaliação da expressão imunoistoquímica da HO-1. Resultados: A expressão da HO-1 foi observada somente nas peças de esôfago de ratos submetidos à anastomose esofagoduodenal (Grupos 2 e 5) e analise da intensidade média da fluorescência demonstrou uma diferença significativa na expressão da HO-1 nesses grupos quando comparada com o grupo controle (4,8 e 4,6 vezes respectivamente) (p<0,05). As células inflamatórias localizadas dentro dos tumores e nas regiões adjacentes ao epitélio foram as que mais intensamente expressaram a HO-1. Ratos expostos ao refluxo ácido (gástrico) apresentaram pouca ou nenhuma atividade da HO-1. Conclusões: Esofagite de refluxo induzida pelo refluxo com conteúdo duodenal provocou considerável estresse oxidativo, que parece exercer um papel importante na carcinogênese esofágica. O refluxo puramente ácido não foi capaz de induzir estresse oxidativo nesse modelo experimental.
Abstract Purpose: To study the expression of heme-oxygenase-1 (HO-1), an enzyme induced by oxidative stress, in specimens obtained from an experimental model in rats that evaluated the role of gastric and duodenal reflux in esophageal carcinogenesis. Methods: Esophageal specimens embedded in paraffin obtained from different experimental groups of rats were used for immunohistochemistry analysis of HO-1 expression. The rats had been divided into the following groups and were killed after 22 weeks: (1) cardioplasty to induce acid reflux; (2) esophagoduodenal anastomosis to induce duodenal reflux; (3) no treatment; (4) cardioplasty + diethylnitrosamine (DEN); (5) esophagoduodenal anastomosis + DEN; and (6) DEN. The study sample comprised 3 specimens from each group with the most severe histopathological lesions found on each study branch. Results: The expression of HO-1 was seen only in rat specimens submitted to esophagoduodenal anastomosis (Groups 2 and 5), and the analysis of mean fluorescence intensity revealed a significant increase of HO-1 expression (4.8 and 4.6 fold, respectively) when compared with the control group (Group 3) (p<0.05). The main target for HO-1 induction was the inflammatory cells inside the tumor or in subepithelial areas. Rats exposed to gastric reflux had no HO-1 expression. Conclusions: Reflux esophagitis induced by reflux of duodenal contents, which provoked considerable oxidative stress, may play an important role in esophageal carcinogenesis. Acid reflux did not induce oxidative stress in this experimental model.
Contido em Acta cirúrgica brasileira. São Paulo. Vol. 25, n. 3 (maio/jun. 2010), p. 304-310
Assunto Estresse oxidativo
Heme oxigenase-1
Neoplasias esofágicas
Ratos
[en] Esophageal Neoplasms
[en] Oxidative Stress
[en] Rats
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/37999
Arquivos Descrição Formato
000758864.pdf (1.508Mb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.