Repositório Digital

A- A A+

Experiências e ações de transição agroecológicas no município de Glorinha-RS

.

Experiências e ações de transição agroecológicas no município de Glorinha-RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Experiências e ações de transição agroecológicas no município de Glorinha-RS
Autor Zimmermann, Andrea Aparecida
Orientador Gehlen, Ivaldo
Co-orientador Oliveira, Daniela
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Tecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distância.
Assunto Agricultura sustentável
Agroecologia
Desenvolvimento rural
Glorinha (RS)
[en] Agroecology
[en] Glorinha–Rio Grande do Sul
[en] Rural development
[en] Sustainable agriculture
Resumo A necessidade de conciliar práticas agrícolas que não degradem o meio ambiente e, ao mesmo tempo, contribuam para o desenvolvimento rural, divergindo do paradigma da Revolução Verde, proposto no modelo de desenvolvimento dos “anos dourados” do capitalismo, é uma tarefa árdua e que leva tempo para ser concretizada. Este trabalho aborda as experiências e ações de transição agroecológicas desenvolvidas no município de Glorinha e tem como objetivo identificar como as ações e experiências agroecológicas podem contribuir para o desenvolvimento rural deste município. Para equacionar este objetivo foi necessário identificar o perfil dos produtores agroecológicos do município, entender a motivação dos agricultores que optaram pelas técnicas agroecológicas e, por fim, investigar as atividades agroecológicas desenvolvidas por cada produtor. O trabalho traz uma revisão bibliográfica dos conceitos de agroecologia, de desenvolvimento rural e da relação entre desenvolvimento rural e a agroecologia, além de um estudo de caso em três propriedades rurais do município de Glorinha/RS. A metodologia tem como base pesquisa bibliográfica, consulta a órgãos oficiais - IBGE e Secretaria da Agricultura Municipal de Glorinha - e entrevistas informais, registradas em diário de campo, com três agricultores em fase de transição agroecológica. Os entrevistados são novos moradores do meio rural do município que desenvolvem atividades agrícolas e não-agrícolas com princípios agroecológicos em pequenas propriedades. Estas unidades de produção são consideradas referências pelas atividades realizadas com a produção de cogumelos, turismo rural, produção de sementes crioulas e trocas de experiências com outros agricultores. A agroecologia pode ser a resposta para o desenvolvimento rural que tenha como princípio a construção de agricultores responsáveis não só pelo que produzem, mas como produzem e para quem produzem. Logicamente que a responsabilidade não pode ser dada apenas aos agricultores, mas à sociedade como um todo. Esta deve responsabilizar-se também pelo seu modo vida e pelos seus hábitos cotidianos que tanto degradam o planeta.
Abstract The necessity to conciliate Good Agricultural Practices which do not degrade the environment and, at the same time contribute for the agricultural development (diverging from the paradigm of Green Revolution, proposed in the development model of the capitalism “golden years”) is an arduous task and it takes time to be materialized. This work approaches the experiences and the developed agroecological transition actions in the city of Glórinha, RS. It aims to identify how these experiences and agroecological actions can contribute for agricultural development of the city. To equate this objective is necessary to identify the profile of the agroecological producers of the city, to understand their motivation in opted for agroecological procedures and finally, to investigate the agroecological activities developed by every producer. This work presents a literature review of the concepts of agroecology, rural development, and also analyses the relationship between rural development and agroecology, as well as a case study on three farms (rural properties) of Glórinha, Rio Grande do Sul. The methodology applied in this work was: literature review, consultation at IBGE, and informal interviews with three farmers - in stage of agroecological transition -, in which was identified the profile of them, the motivation and contribution of these for local agricultural development. As main contribution for the agricultural development in the city, we identify that these units of production are considered a reference in the carried through activities and also in the exchange of agroecological experiences with other agriculturists, mainly as a practice of traditional agriculture.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/38149
Arquivos Descrição Formato
000820604.pdf (2.293Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.