Repositório Digital

A- A A+

A criação de bovinos na pequena propriedade em Venturosa no município de Santo Antônio da Patrulha / RS : um estudo de caso

.

A criação de bovinos na pequena propriedade em Venturosa no município de Santo Antônio da Patrulha / RS : um estudo de caso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A criação de bovinos na pequena propriedade em Venturosa no município de Santo Antônio da Patrulha / RS : um estudo de caso
Autor Rocha, Antônio Cesar da
Orientador Machado, Joao Armando Dessimon
Co-orientador Bagatini, Tatiane
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Tecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distância.
Assunto Bovinos
Desenvolvimento rural
Mao-de-obra familiar
Pecuária
Produção animal
Santo Antônio da Patrulha (RS)
[en] Cattle
[en] Familiar labor
[en] Small property
Resumo O presente estudo de caso tem o objetivo de identificar o papel econômico da pecuária bovina em uma pequena propriedade da localidade de Venturosa, em Santo Antônio da Patrulha. A fim de embasar o tema de pesquisa, foram utilizados referenciais com enfoque na pecuária familiar, os quais são estudos realizados em alguns municípios da região das Missões e da Metade Sul do Estado. Identificaram-se diferentes tipos de pecuaristas familiares, inclusive, alguns agricultores que praticam a pecuária de corte em com mão de obra predominantemente familiar. São casais de aposentados que praticam a pecuária extensiva e tradicional em propriedades, localizadas em diferentes zonas agro-ecológicas da região de pesquisa e, também, apresentando diferenciais socioeconômicos atribuídos à sua formação étnica e às suas origens. A pesquisa de campo do presente trabalho identificou uma Unidade de Produção Agrícola que possui 12,5 hectares de Área Total, 3,5 hectares encontram-se arrendados para terceiros e o restante compõe a Superfície Agrícola Útil, onde se pratica a pecuária e cultivam-se alguns produtos agrícolas. O gado é criado em campo nativo que ocupa grande parte da Superfície Agrícola Útil da UPA e, é suplementado nas épocas mais frias do ano com, excedentes de cultivos e pastagens cultivadas. O proprietário reside no estabelecimento, juntamente com sua esposa e são aposentados e, os filhos, residem e trabalham fora da propriedade. A mão de obra é essencialmente familiar e a contratação de mão de obra externa se faz quando necessário, principalmente, para os serviços de manutenção das lavouras. Além das aposentadorias e das rendas externas, as rendas das atividades não agrícolas são percebidas pelo proprietário. Os excedentes da produção que não são comercializados são destinados ao consumo animal ou humano, dependendo do produto. A comercialização do gado não é programada e ocorre de forma aleatória, podendo ser provocada por fatores internos, como a necessidade imediata de capital financeiro, ou, por fatores externos como a forte demanda. Os agentes de comercialização são outros produtores e os atravessadores que negociam com os frigoríficos. Na avaliação dos dados analisados, verifica-se a prevalência da participação das Rendas Não Agrícolas na composição da Renda Total. São 70% de participação contra os 30% de participação das Rendas Agrícolas. E a mão de obra empregada na UPA gera 97% da Renda Agrícola total. Considera-se, finalmente, que a UPA pesquisada apresenta características semelhantes a da maioria das Unidades de Pecuária Familiar como, a mão de obra envelhecida, os poucos avanços tecnológicos, a baixa escala de produção, as motivações, o sistema de criação, entre outros.
Abstract The present paper aims to identify the cattle raise economic role in a small farm in Venturosa, in the city of Santo Antônio da Patrulha. In order to support the research, some rates focusing on the familiar cattle raising were used. These Studies were accomplished in municipalities of the "Missões" and "Metade Sul" region in the state of Rio Grande do Sul. Different kinds of familiar cattle raisers, including, some agriculturalists who work with beef cattle in several properties are predominantly members of the same family. They are retired couples who practice the extensive and traditional cattle in properties placed in different agro ecological zones in the region studied. Also, these regions show socioeconomic differences attributed to the ethnic background and its origins. This present paper field research identified an Agriculture Production Unit (APU) with 12,5 hectares in the Total Area, so that 3,5 hectares is leased for somebody else and the remainder correspond to the Utilized Agriculture Area (Superfície Agrícola Útil) where extensive cattle takes place and agriculture products are cultivated. Cattle are raised in native fields which occupy a great part of the Utilized Agriculture Area in the APU and it is supplemented in the coldest times of the year, surplus crops and pastures. The owner and his wife live in the establishment, both are retired. Their children live and work outside the property. Labor is essentially family and labor external hire is necessary mainly for the crops maintenance. In addition to retirement income and external revenues, the non agricultural activities are noticed by the owner. The surplus productions which are not commercialized are intended to human and animal consumption, depending on the product. The livestock market is not programmed and occurs randomly. It can be can be caused by internal factors such as the immediate need of capital, or by external factors including strong demand. The marketing agents are other producers and intermediate businessmen who negotiate with refrigerators. In evaluating the data analyzed, there is a prevalence of participation of Non-Agricultural Income in the composition of Total Income. It's 70% share against the 30% share of agricultural income. And the labor employed in the UAA has generated 97% of the total Agricultural Income. Finally, It was considered that researched APU presents similar characteristics to the most Familiar Cattle Raise Units, they are: old age labor, few technological advances, low scale of production, the same motivations, the creation system, among others.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/38186
Arquivos Descrição Formato
000819990.pdf (482.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.