Repositório Digital

A- A A+

Turismo no nordeste brasileiro : mudanças nas políticas de desenvolvimento a partir do PRODETUR/NEI

.

Turismo no nordeste brasileiro : mudanças nas políticas de desenvolvimento a partir do PRODETUR/NEI

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Turismo no nordeste brasileiro : mudanças nas políticas de desenvolvimento a partir do PRODETUR/NEI
Autor Petter, Pedro Henrique da Cruz
Orientador Lahorgue, Maria Alice Oliveira da Cunha
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Brasil, Nordeste
Desenvolvimento econômico
Desenvolvimento regional
Políticas públicas
[en] Economic development
[en] Level of employment
[en] Per capita income
[en] Policies on tourism
[en] The northeast
Resumo A região Nordeste do Brasil envolve nove, dos vinte e seis estado do País: Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia, cobrindo território de 1,5 milhões de Km2. Apesar de ser uma das primeiras regiões economicamente estabelecidas no País, o Nordeste perdeu sua posição de centro de crescimento após a industrialização do Brasil, ocorrida no início do século XX. Além dos impactos negativos cíclicos causados pelas secas (principalmente no interior semi-árido), o Nordeste como um todo apresenta baixos índices sociais com relação à média nacional e enfrenta sérios problemas macroestruturais, configurando-se como uma das regiões mais pobres do País. Entre as alternativas recomendadas para solucionar tais problemas, o desenvolvimento do turismo foi apontado como meio para criação de oportunidades de emprego e para o aumento da renda per capta. Diante de uma clara indicação do potencial turístico da região, sobretudo na faixa litorânea, e de acordo com a política de desenvolvimento do turismo do País, o Governo Federal e os Governos Estaduais reuniram-se para elaboração conjunta de um plano de ação para o desenvolvimento do turismo no Nordeste, parte do qual seria financiado por um amplo projeto que foi especialmente criado para essa finalidade. Assim nasceu o Programa de Desenvolvimento do Turismo no Nordeste do Brasil – PRODETUR/NE, em sua primeira fase. O estudo analisa as ações do PRODETUR no Nordeste, analisando as variáveis renda per capita e nivel de emprego. Para tanto, foram levantadas, através dos relatórios do Banco do Nordeste e do Ministério do Trabalho e Emprego, todas as ações realizadas pelo programa em sua primeira fase.
Abstract The Northeast region of Brazil involves nine of the twenty-six states of the country: Maranhao, Piaui, Ceara, Rio Grande do Norte, Paraiba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe and Bahia, covering the territory of 1.5 million km2. Despite being one of the earliest established economic regions in the country, the Northeast has lost its position as a center of growth after the industrialization of Brazil, in the beginning of the twentieth century. Beyond the negative impacts caused by cyclical droughts (especially in the semiarid interior), the Northeast as a whole has low social indicators in comparasion with the national average and is facing serious macrostructural problems, configured as one of the poorest regions of the country . Among the recommended alternatives to solve such problems, the development of tourism was appointed as means to create employment opportunities and to increase the per capita income. Faced with a clear indication of the tourist potential of the region, especially along the coast, and in accordance with the policy of developing tourism in the country, the Federal Government and State Governments gathered strenght to develop an action plan for development tourism in the Northeast, part of which would be financed by a large project that has been specially created for this purpose. Thus was born the Program of Development of Tourism in Northeast Brazil - PRODETUR / NE, in its first phase. The study analyzes the actions of PRODETUR in the Northeast, analyzing the variables of per capita income and the level of employment. The following factors were raised by the reports of the Northeast Bank and the Ministry of Labor, all actions performed by the program in its first phase.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/38423
Arquivos Descrição Formato
000822726.pdf (367.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.