Repositório Digital

A- A A+

Análise do uso de um agente de compatibilização comercial em compostos de borracha contendo pó de borracha reciclada

.

Análise do uso de um agente de compatibilização comercial em compostos de borracha contendo pó de borracha reciclada

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise do uso de um agente de compatibilização comercial em compostos de borracha contendo pó de borracha reciclada
Autor Cioato, Daiane
Orientador Cardozo, Nilo Sérgio Medeiros
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Química.
Assunto Engenharia química
Resumo Neste estudo foi avaliado o efeito da adição de pó de borracha reciclado e de um agente de compatibilização comercial nas propriedades físicas, mecânicas e reológicas de compostos de borracha natural. Verificou‐se que, apesar do prejuízo de propriedades, os compostos contendo pó de borracha apresentam propriedades mecânicas que possibilitam a sua aplicação em peças do setor automotivo. Os resultados de propriedades reológicas indicaram que o torque mínimo e a viscosidade Mooney dos compostos contendo o pó aumentaram, enquanto tempo de segurança, tempo ótimo de cura e torque máximo diminuíram. Quanto às propriedades mecânicas, comprovou‐se que elas são afetadas negativamente pela adição do pó: dureza, tensão de ruptura, alongamento de ruptura, módulo de elasticidade e resistência ao rasgo diminuíram, e a deformação permanente à compressão aumentou. Também se verificou que a utilização do agente de compatibilização comercial não melhorou significativamente as propriedades mecânicas do composto, com ambos os tipos de compostos contendo pó de borracha apresentando resultados semelhantes para a maioria das análises. Tensão de ruptura, deformação permanente à compressão, resistência ao rasgo e resistência à propagação do rasgo não foram afetadas pelo uso do agente de compatibilização. Dureza, alongamento de ruptura e módulo de elasticidade foram alterados, possivelmente devido a uma ação de lubrificação interna exercida pelo agente de compatibilização. Algumas propriedades de processamento foram melhoradas: torque mínimo, torque máximo e viscosidade Mooney diminuíram, mas tempo ótimo de cura teve acréscimo. Diante dos resultados, pode‐se concluir que o agente de compatibilização não foi efetivo nas condições em que este estudo foi realizado. Estima‐se que as melhorias obtidas com o uso do agente poderiam ser alcançadas utilizando um auxiliar de fluxo de uso comum na indústria da borracha.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/38515
Arquivos Descrição Formato
000823829.pdf (528.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.