Repositório Digital

A- A A+

Caracterização física, composição e contagem de células somáticas de colostro de búfalas no Rio Grande do Sul

.

Caracterização física, composição e contagem de células somáticas de colostro de búfalas no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização física, composição e contagem de células somáticas de colostro de búfalas no Rio Grande do Sul
Autor Lopes, Francisco Paulo Nunes
Orientador Pinto, Andrea Troller
Co-orientador Oberst, Eneder Rosana
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Células somáticas
Colostro
Indústria de laticínios
Leite de bufala
[en] Buffaloes
[en] Colostrums
[en] Dairy industry
Resumo A produção de leite de búfala para fabricação de derivados lácteos, principalmente queijo muzzarella é crescente no Brasil e em especial no Rio Grande do Sul. O colostro é um produto impróprio para o consumo humano, pois tem características diferentes das do leite normal. A prática industrial indica que há prejuízos no processo tecnológico, principalmente a filagem, quando há traços de colostro no leite. Como período de segurança a indústria de laticínios designa para os produtores de leite de búfala o descarte do leite em média até os 15 dias pós-parto. Poucos estudos estabelecem os padrões físicos, de composição e a contagem de células somáticas (CCS) no pós-parto de búfalas. Este trabalho tem por objetivo tipificar estes padrões no colostro bubalino da região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Foram coletadas amostras de colostro de búfala entre 20 de abril a 28 de maio de 2010. Foram feitas análises físicas, de composição e CCS do leite de quatro búfalas desde o dia do parto até no mínimo 23 dias pós-parto, com intervalos de 2 a 3 dias. Foram coletadas 62 amostras na propriedade e encaminhadas ao Laboratório de Inspeção e Tecnologia de Leite e Derivados, Ovos e Mel (LEITECIA) da UFRGS onde eram realizadas as análises físicas de densidade, teste do álcool (em diferentes concentrações: 68, 70, 72, 74, 76, 78 e 80ºGL), acidez Dornic e fervura. Uma alíquota da amostra inicial era separada em frasco com conservante (bronopol) e enviada para o Laboratório de qualidade do Leite da Embrapa/CPACT para determinar a composição e a CCS, num prazo máximo de 24 horas. Os resultados desse estudo indicaram que parte dos requisitos mínimos para a industrialização do leite de bubalino são atingidos em torno dos 20 dias pós-parto, principalmente em relação às análises físicas de acidez Dornic e teste do álcool. Foi possível concluir que são necessários mais estudos para que se estabeleçam parâmetros padrões no controle da qualidade do leite bubalino, visando o aproveitamento adequado e seguro deste nobre produto.
Abstract The production of buffalo milk for making dairy products, mainly mozzarella cheese is growing in Brazil and especially in Rio Grande do Sul. Colostrum is unfit for human consumption because it has different characteristic of normal milk. The industrial practice indicates that are losses in the technological process, especially stretching, when there are traces of colostrum in milk. As a safety period, the dairy industry designates the buffalo milk producers to disposal the milk on average until 15 days postpartum. Few studies have established physical standards, standard composition and somatic cells count at postpartum buffaloes. This paper aims to classify these patterns in the colostrum of buffaloes from the metropolitan region of Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Samples were collected from buffalo colostrum between April 20th to May 28th, 2010. Physical and composition analysis and counting of somatic cells were made from the milk of four buffaloes since the day of birth until at least 23 days postpartum, with intervals of 2 to 3 days. 62 samples were collected on the property and sent to the Inspection and Tecnology of Milk and Dairy Products, Eggs and Honey Laboratory at UFRGS, where the physical and density analysis, alcohol test (at different concentrations: 68, 70, 72, 74, 76, 78 and 80ºGL), Dornic acidity and boiling test were carried. An aliquot of the original sample was separated in a vial containing preservative (bronopol) and sent to the Milk Quality Laboratory of Embrapa/CPACT to determine the composition of milk and somatic cells counting, within a maximum of 24 hours. The results indicated that some of the minimum requirements for the industrialization of bufalo milk are achieved in around 20 days postpartum, especially in relation to the physical analysis of Dornic acidity and alcohol test. It was possible to conclude that further studies are needed to stablish standard parameters in the quality control of buffalo milk, seeking the proper and safe use of this noble product.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/38711
Arquivos Descrição Formato
000793612.pdf (323.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.