Repositório Digital

A- A A+

A influência da dimensão, configuração e localização de conjuntos habitacionais na interação social

.

A influência da dimensão, configuração e localização de conjuntos habitacionais na interação social

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A influência da dimensão, configuração e localização de conjuntos habitacionais na interação social
Autor Lima, Marcia Azevedo de
Orientador Lay, Maria Cristina Dias
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional.
Assunto Cidades : Montenegro (RS)
Conjuntos habitacionais : Bnh
Habitacao popular
Interação social
[en] Implementation of housing
[en] Social housing
[en] Social interaction
Resumo Este trabalho trata da análise da produção da habitação de interesse social implementada pelo BNH (Banco Nacional de Habitação), na busca de subsídios para retomar a produção da habitação social. Foi realizado um estudo comparativo entre quatro conjuntos habitacionais produzidos pela COHAB – Companhia de Habitação do Estado do Rio Grande do Sul, na cidade de Montenegro, com o objetivo de compreender de que maneira a implantação do conjunto habitacional, no tocante a dimensão, configuração e localização, afeta a interação social entre os moradores do próprio conjunto e a interação do conjunto com o entorno imediato e a cidade. Os múltiplos métodos de coleta e análise de dados utilizados possibilitaram a complementaridade entre os dados obtidos. Foram realizados levantamentos de arquivo, levantamento físico, aplicação de mapas mentais com entrevistas, observações sistemáticas de uso dos espaços públicos abertos e aplicação de questionários. Adota-se uma abordagem perceptiva que utiliza a satisfação do usuário e o comportamento ambiental como indicadores de desempenho e de interação social. A análise estatística dos dados quantitativos foi realizada através da verificação das frequências e realização de testes não-paramétricos, como Kruskal-Wallis e Spearman. Também foram utilizados mapa figura-fundo, mapa de barreiras com indicação das constituições e análise sintática para medir os níveis de integração. Os resultados confirmam que as características de implantação de conjuntos habitacionais de interesse social (dimensão, configuração e localização) estão relacionadas entre si e tendem a afetar o tipo e a intensidade de interação entre os moradores do conjunto e a interação do conjunto com o entorno imediato e a cidade. Foi também constatado que conjuntos mais integrados podem contribuir para que os moradores se integrem ao bairro/ cidade e sejam reconhecidos como pertencentes à cidade. Ainda, foi constatado que conjuntos mais distantes da área urbana consolidada, geralmente de grande porte, tendem a promover interação limitada aos moradores do próprio conjunto. Os resultados também confirmam que as características fisicoespaciais dos espaços públicos abertos, mais especificamente o conforto decorrente da existência de vegetação e bancos, assim como as características socioeconômicas dos moradores podem afetar a interação social entre os moradores do conjunto e entre o conjunto e o entorno, uma vez que modificam o estilo de vida, os hábitos de compras no dia a dia e as formas de deslocamento, entre outros. Dessa forma, é ressaltada a importância de avaliar os efeitos das características de implantação de conjuntos habitacionais para que se produzam espaços mais qualificados que promovam e facilitem a interação social entre os moradores do conjunto, entre os moradores do conjunto com o entorno e com a cidade, promovendo o sentimento de pertencimento e cidadania.
Abstract This study deals with the analysis of the production of social housing implemented by BNH (National Housing Bank), in order to subsidize the future production of social housing. It was realized a comparative study of four housing units produced by COHAB - Housing Company of the State of Rio Grande do Sul, in the city of Montenegro, in order to understand how the performance of housing schemes related to size, spatial configuration and location, can affect social interaction among dwellers as well as interaction between the housing scheme and its urban context. The multiple methods of data collection and analysis used enabled complementarities between the data obtained through archives information, physical measurements, application of mental maps with interviews, systematic observations of the use of public open spaces and questionnaires. It was adopted a perceptive approach that considers user satisfaction and environmental behavior as indicators of environmental performance and social interaction. The statistical analysis of quantitative data was carried out by means of frequencies and nonparametric tests such as Kruskal-Wallis and Spearman correlations. Moreover, figure-ground map, map of physical barriers with indication of spatial constitutions and space syntax analysis were used in order to measure levels of integration. Results confirm that the characteristics of implementation of social housing related to size, configuration and location, are interrelated and tend to affect the type and intensity of interaction among residents in the housing scheme and interaction of the scheme with the immediate surroundings and the city. It was found that smaller housing schemes tend to show higher level of interaction not only among the residents in the scheme, but also with those who live nearby and in the city. Moreover, it was found that housing schemes farther located from the consolidated urban area, usually of large size, tend to promote limited interaction among residents of the housing scheme. The results further confirmed that physical characteristics of public open spaces, more specifically in relation to environmental comfort resultant from the presence of vegetation and benches, as well as socioeconomic characteristics can affect social interaction among the residents in the scheme and the surrounding neighborhood, due to its effect on life style, daily shopping routine and means of locomotion, among other things. Therefore, it is emphasized the importance of assessing the effects of characteristics of housing schemes related to size, spatial configuration and location in order to produce more qualified residential spaces that promote and facilitate social interaction among residents of housing schemes, among the residents of scheme and surrounding neighborhoods and the city, promoting a sense of belonging and citizenship.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/38945
Arquivos Descrição Formato
000824801.pdf (17.36Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.