Repositório Digital

A- A A+

Modelo teórico de pensamento crítico no processo diagnóstico em enfermagem

.

Modelo teórico de pensamento crítico no processo diagnóstico em enfermagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modelo teórico de pensamento crítico no processo diagnóstico em enfermagem
Outro título Modelo teórico de pensamiento crítico en el proceso diagnóstico en enfermería
Outro título Theoretical model of critical thinking in nursing diagnostic process
Autor Bittencourt, Greicy Kelly Gouveia Dias
Orientador Crossetti, Maria da Graça Oliveira
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Diagnóstico de enfermagem
Pensamento crítico
Processos de enfermagem
[en] Nursing
[en] Nursing diagnosis
[en] Nursing processes
[en] Thinking
[es] Diagnóstico de enfermería
[es] Enfermería
[es] Pensamiento
[es] Procesos de enfermería
Resumo O Processo Diagnóstico em Enfermagem (PDE) consiste na coleta, interpretação e agrupamento de informações para levantar hipóteses diagnósticas. Tomar decisões quanto ao Diagnóstico de Enfermagem (DE) envolve habilidades de Pensamento Crítico (PC). O objetivo deste estudo foi propor um modelo teórico de PC no PDE cujos objetivos específicos foram identificar habilidades de PC no PDE; definir essas habilidades; relacioná-las ao PDE e construir um modelo teórico de PC no PDE. Tratou-se de estudo exploratório descritivo com abordagem qualitativa realizado na Universidade Federal da Paraíba campus João Pessoa. Foram selecionados sete discentes que aceitassem participar do estudo através da assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido; estivessem cursando 9º semestre da Graduação em Enfermagem e realizando atividades teórico-práticas no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW). Apresentou-se um caso clínico para identificação do DE prioritário e de habilidades de PC com justificativas. Realizou-se análise descritiva e de conteúdo desses dados para identificar categorias temáticas que orientaram três sessões de grupo focal que foram gravadas em áudio e transcritas para realizar análise de conteúdo. O projeto de pesquisa foi avaliado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do HULW, recebendo parecer favorável. As habilidades de PC identificadas no PDE foram ANÁLISE, CONHECIMENTO TÉCNICO-CIENTÍFICO, RACIOCÍNIO LÓGICO, EXPERIÊNCIA CLÍNICA, CONHECIMENTO SOBRE O PACIENTE, DISCERNIMENTO, APLICAÇÃO DE PADRÕES e PERSPECTIVA CONTEXTUAL. Essas habilidades foram definidas assim: ANÁLISE é investigação e avaliação de aspectos biopsicossociais para compreensão de uma situação holisticamente; CONHECIMENTO TÉCNICO-CIENTÍFICO envolve conhecimento específico de enfermagem e da literatura; RACIOCÍNIO LÓGICO remete à percepção imediata de uma situação, agrupamento e relação entre dados; EXPERIÊNCIA CLÍNICA é a atuação do enfermeiro em casos clínicos semelhantes; CONHECIMENTO SOBRE O PACIENTE é o conhecimento de aspectos físicos, emocionais, sociais e espirituais do paciente; DISCERNIMENTO é a capacidade de julgamento de dados para tomada de decisão; APLICAÇÃO DE PADRÕES é a identificação, avaliação e agrupamento de dados com base em informações da literatura e PERSPECTIVA CONTEXTUAL é a visão de uma situação clínica como um todo. Assim, construiu-se um modelo teórico de PC no PDE. Nesse modelo, o CONHECIMENTO TÉCNICO-CIENTÍFICO é associado à EXPERIÊNCIA CLÍNICA dando sustenção teórico-prática ao PDE. A COLETA DE DADOS requer ANÁLISE, APLICAÇÃO DE PADRÕES, CONHECIMENTO SOBRE O PACIENTE e PERSPECTIVA CONTEXTUAL. A COLETA é seguida da INTERPRETAÇÃO e AGRUPAMENTO DE DADOS num processo contínuo de ANÁLISE e APLICAÇÃO DE PADRÕES associadas ao RACIOCÍNIO LÓGICO. Os problemas de saúde são conhecidos, gerando HIPÓTESES DIAGNÓSTICAS a serem julgadas com RACIOCÍNIO LÓGICO e DISCERNIMENTO. Nesse momento, toma-se a decisão quanto ao DE PRIORITÁRIO. O modelo teórico mostrou a complexidade do PDE com base nas habilidades de PC de discentes de enfermagem ao tomar decisões clínicas. Compreende-se que, ao utilizar essas habilidades, há possibilidade de tomar decisões adequadas quanto ao DE prioritário. Com base nesse modelo, é possível pensar em estratégias de PC a serem aplicadas, tanto no ensino como na prática clínica, para facilitar a operacionalização do PDE.
Resumen El proceso diagnóstico en enfermería (PDE) consiste en la recogida, interpretación y agrupamiento de informaciones para levantar las hipótesis diagnósticas. Tomar decisiones en cuanto al diagnóstico de enfermería (DE) envuelve habilidades de pensamiento crítico (PC). El objetivo de este estudio fue proponer un modelo teórico de PC en el PDE cuyos objetivos específicos fueron identificar habilidades de PC en el PDE; definir esas habilidades; relacionarlas al PDE y construir un modelo teórico de PC en el PDE. Se trató de un estudio exploratorio descriptivo con abordaje cualitativo realizado en la Universidade Federal da Paraíba, campus João Pessoa, Paraíba, Brasil. Fueron seleccionados siete discentes que aceptasen participar en el estudio por medio de la firma del Término de Consentimiento Libre y Esclarecido; estuviesen cursando el 9º semestre de la Graduación en Enfermería; y realizasen actividades teórico-prácticas en el Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW). Se presentó un caso clínico para identificación del DE prioritario y de habilidades de PC con justificativas. Se realizó análisis descriptiva y de contenido de eses datos para identificar categorías temáticas que orientaron tres sesiones del grupo focal, que fueron grabadas en audio y transcritas para realizar análisis de contenido. El proyecto de investigación fue evaluado por el Comité de Ética en Investigación del HULW y obtuvo su opinión favorable. Las habilidades de PC identificadas en el PDE fueron análisis, conocimiento técnico-científico, raciocinio lógico, experiencia clínica, conocimiento en el paciente, discernimiento, aplicación de patrones y perspectiva contextual. Esas habilidades fueron definidas así: análisis es investigación y evaluación de aspectos biopsicossociales para comprensión holística de una situación; conocimiento técnico-científico envuelve conocimiento específico de enfermería y de la literatura; raciocinio lógico remite a la percepción inmediata de una situación, agrupamiento y relación entre datos; experiencia clínica es la actuación del enfermero en casos clínicos semejantes; conocimiento en el paciente es el conocimiento de aspectos físicos, emocionales, sociales y espirituales del paciente; discernimiento es la capacidad de juzgamiento de datos para tomada de decisión; aplicación de patrones es la identificación, evaluación y agrupamiento de datos con base en informaciones de la literatura; y perspectiva contextual es la visión de una situación clínica como un todo. Así, se construyó un modelo teórico de PC en el PDE. En ese modelo, el conocimiento técnico-científico es asociado a la experiencia clínica, dando sustentación teórico-práctica al PDE. La recogida de datos requiere análisis, aplicación de patrones, conocimiento en el paciente y perspectiva contextual. La recogida es seguida de la interpretación y agrupamiento de datos en un proceso continuo de análisis y aplicación de patrones asociado al raciocinio lógico. Los problemas de salud son conocidos, generando hipótesis diagnósticas que serán juzgadas con raciocinio lógico y discernimiento. En ese momento, se toma la decisión en cuanto al DE prioritario. El modelo teórico mostró la complejidad del PDE con base en las habilidades de PC de discentes de Enfermería al tomar decisiones clínicas. Se comprende que, al utilizar esas habilidades, hay posibilidad de tomar decisiones adecuadas en cuanto al DE prioritario. Con base en ese modelo, es posible pensar en estrategias de PC que serán aplicadas, tanto en la enseñanza como en la práctica clínica, para facilitar la operacionalización del PDE.
Abstract The Nursing Diagnostic Process (NDP) is the collection, collation and interpretation of information to raise diagnostic hypotheses. Make decisions regarding Nursing Diagnosis (ND) involves Critical Thinking skills (CT). The objective of this study was to propose a theoretical model of CT in NDP whose specific objectives were to identify CT skills in NDP; define these skills; relate them to the NDP and build a theoretical model of CT in NDP. It was descriptive exploratory study with qualitative approach held at the Universidad Federal of Paraíba campus João Pessoa. Seven students were selected that would participate in the study through the signing of the free and informed consent; they were attending the 9th semester of nursing graduate theoretical-practice activities and performing at the Hospital University Lauro Wanderley (HULW). Performed a clinical case identification ND priority and CT skills with justifications. Descriptive analysis was held and the content of these data to identify themes that have guided three focus group sessions that were recorded in audio and transcribed to perform content analysis. The research project was evaluated by the Committee of ethics in research of HULW, receiving a favorable opinion. CT skills identified in NDP were SCIENTIFIC and TECHNICAL KNOWLEDGE, ANALYSIS, LOGICAL REASONING, CLINICAL EXPERIENCE, KNOWLEDGE ON THE PATIENT, DISCERNMENT, APPLYING PATTERNS and CONTEXTUAL PERSPECTIVE. These skills have been defined thus: analysis is research and evaluation of biopsicossociais aspects for understanding of a situation holistically; Scientific-technical KNOWLEDGE involves specific knowledge of nursing and literature; LOGICAL REASONING refers to the immediate perception of a situation, grouping, and the relationship between data; CLINICAL EXPERIENCE is the role of the nurse in similar clinical cases; The KNOWLEDGE ON THE PATIENT is the knowledge of physical, emotional, social, and spiritual of the patient; Discernment is the judgment of data for decision-making; APPLICATION of STANDARDS is the identification, evaluation and data grouping based on literature information and CONTEXTUAL PERSPECTIVE is the vision of a clinical situation as a whole. Thus, built a theoretical model of CT in NDP. In this model, the scientific-technical KNOWLEDGE is associated with CLINICAL EXPERIENCE giving theoretical-practice to sustaining NDP. Data collection requires analysis, APPLICATION of standards, KNOWLEDGE ON THE PATIENT and CONTEXTUAL PERSPECTIVE. The collection is followed by INTERPRETATION and GROUPING DATA in a continuous process of analysis and APPLICATION of STANDARDS associated with the LOGICAL REASONING. Health problems are known, generating DIAGNOSTIC HYPOTHESES to be judged with LOGICAL REASONING and DISCERNMENT. At that time, the decision as ND priority. The theoretical model showed the complexity of the NDP based on the skills of nursing students CT to take clinical decisions. It is understood that, when using these abilities, there is possibility of taking appropriate decisions and priorities. Based on this template, you can think of CT strategies to be applied, both in teaching and clinical practice, to facilitate the operationalization of the NDP.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/39087
Arquivos Descrição Formato
000824948.pdf (1.349Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.