Repositório Digital

A- A A+

Uso de auto-tuning para otimização de decomposição de domínios paralela

.

Uso de auto-tuning para otimização de decomposição de domínios paralela

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uso de auto-tuning para otimização de decomposição de domínios paralela
Outro título Optimizing parallel domain decomposition using auto-tuning
Autor Almeida, Alexandre Vinicius
Orientador Maillard, Nicolas Bruno
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Mpi
Processamento paralelo
[en] Auto-tuning
[en] Domain decomposition
[en] MPI
[en] Paralelism
Resumo O desenvolvimento de aplicações de forma a atingir níveis de desempenho próximos aos níveis teóricos de uma determinada plataforma é uma tarefa que exige conhecimento técnico do ambiente de hardware, uma vez que o software deve explorar detalhes específicos da plataforma em questão. Pelo fato do software ser específico à plataforma, caso ela evolua ou se altere, as otimizações realizadas podem não explorar a nova arquitetura de forma eficiente. Auto-tuners são sistemas que surgiram como um meio automatizado de adaptar um determinado software a uma arquitetura alvo. Essa adaptação ocorre através de uma busca empírica de valores ótimos para parâmetros específicos de uma aplicação, a fim de ajustá-los às características do hardware, ou ainda através da geração de códigofonte otimizado para a plataforma. Este trabalho propõe um módulo auto-tuner orientado à adaptação parametrizada de uma aplicação paralela, que trabalha variando os fatores da dimensão do domínio bidimensional, o número de processos e a extensão das regiões de sobreposição. Para cada variação dos fatores, o auto-tuner testa a aplicação na arquitetura paralela de forma a buscar a combinação de parâmetros com melhor desempenho. Para possibilitar o auto-tuning, foi desenvolvida uma classe em linguagem C++ denominada Mesh, baseada no padrão MPI. A classe busca abstrair a decomposição de domínios de uma aplicação paralela por meio do uso de Orientação a Objetos, e facilita a variação da extensão das regiões de sobreposição entre os subdomínios. Os resultados experimentais demonstraram que o auto-tuner explora o ganho de desempenho pela variação do número de processos da aplicação, que também é tratado pelo módulo auto-tuner. A arquitetura paralela utilizada na validação não se mostrou ideal para uma otimização através do aumento da extensão das regiões sobrepostas entre subdomínios.
Abstract Achieving the peak performance level of a particular platform requires technical knowledge of the hardware environment involved, since the software must explore specific details inherent to the hardware. Once the software is optimized for a target platform, if the hardware evolves or is changed, the software probably would not be as efficient in the new environment. This performance portability problem is addressed by software auto-tuning, which emerged in the past decade as an automated technique to adapt a particular software to an underlying hardware. The software adaptation is performed by an auto-tuner. The auto-tuner is an entity that empirically adjusts specific application parameters in order to improve the overall application performance, or even generates source-code optimized for the target platform. This dissertation proposes an auto-tuner to optimize the domain decomposition of a parallel application that performs stencil computations. The proposed auto-tuner works in a parameterized adaptation fashion, and varies the dimensions of a 2D domain, the number of parallel processes and the extension of the overlapping zones between subdomains. For each combination of parameter values, the auto-tuner probes the application in the parallel architecture in order to seek the best combination of values. In order to make auto-tuning possible, it is proposed a C++ class called Mesh, based on the Message Passing Interface (MPI) standard. The role of this class is to abstract the domain decomposition from the application using the Object Orientation facilities provided by C++, and also to enable the extension of the overlapping zones between subdomain. The experimental results showed that the performance gains were mainly due to the variation of the number of processes, which was one of the application factors dealt by the auto-tuner. The parallel architecture used in the experiments showed itself as not adequate for optimizing the domain decomposition by increasing the overlapping zones extension.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/39121
Arquivos Descrição Formato
000824307.pdf (1.249Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.