Repositório Digital

A- A A+

Corpos-de-prova submetidos à compressão: influência do tipo de preparação das faces para diferentes níveis de resistência do concreto

.

Corpos-de-prova submetidos à compressão: influência do tipo de preparação das faces para diferentes níveis de resistência do concreto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Corpos-de-prova submetidos à compressão: influência do tipo de preparação das faces para diferentes níveis de resistência do concreto
Autor Chies, Josué Argenta
Orientador Silva Filho, Luiz Carlos Pinto da
Co-orientador Rohden, Abrahão Bernardo
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo O controle tecnológico do concreto só pode ser considerado um procedimento com qualidade, quando todas as suas fases são realizadas com perícia. Essa importância é constatada na revisão bibliográfica, na qual se tem a noção da influência de variáveis inerentes não só ao ensaio de resistência à compressão, mas também a fatores como, por exemplo, os materiais constituintes, equipamentos de mistura, moldagem e cura dos corpos-de-prova. Em meio a tantas variáveis, o presente trabalho tem o intuito de colaborar para um melhor entendimento dos efeitos que estas podem causar na resistência à compressão do concreto. O ensaio de resistência à compressão tem importância incontestável, porém suscetível à variações em seu processo executivo. Devido a isso, o objetivo principal do trabalho é colaborar com informações sobre o preparo das bases de corpos-de-prova, comparando alguns métodos, como o capeamento por argamassa de enxofre, borracha de neoprene e desgaste superficial por meio de retífica vertical e horizontal. Um crescente conhecimento da ciência de produzir concreto causou significativo aumento da sua resistência e consumo, o que justifica a realização das comparações em concretos de distintos níveis de resistência. Foram produzidos em laboratório concretos de resistência à compressão de 20 a 120 MPa, para dar uma idéia real da influência do preparo das faces em um intervalo de resistências que abrange não só concretos de baixa e média resistência, mas também concretos especiais de alta resistência.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/39140
Arquivos Descrição Formato
000825294.pdf (2.904Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.