Repositório Digital

A- A A+

Projeto luminotécnico em escola no município de Feliz: otimização do aproveitamento de luz natural

.

Projeto luminotécnico em escola no município de Feliz: otimização do aproveitamento de luz natural

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Projeto luminotécnico em escola no município de Feliz: otimização do aproveitamento de luz natural
Autor Bocchese, Mariano Fernandes
Orientador Sattler, Miguel Aloysio
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Este trabalho refere-se à elaboração de um projeto luminotécnico com melhor aproveitamento da luz natural em uma sala de aula do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, no Campus Avançado de Feliz, situado no município de Feliz/RS. O projeto desta Escola foi desenvolvido sob os princípios de sustentabilidade em uma parceria do NORIE (Núcleo de Orientação e Inovação da Construção) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul com uma empresa de Arquitetura. Para a elaboração do projeto luminotécnico, foi usado o software Ecotect, além de informações sobre a incidência de luz na edificação, adquiridas através de medições in loco. Foram objetivos desta pesquisa analisar o sistema de iluminação atual, bem como quantificar a energia elétrica despendida na sua utilização, e elaborar um novo sistema de iluminação artificial que apenas complemente a incidência da luz natural, nas regiões da sala onde houver necessidade de maior iluminação. Após o desenvolvimento do projeto realizou-se uma análise comparativa entre o atual sistema lumínico e o proposto, averiguando qual a economia energética que é alcançada com a implantação do projeto desenvolvido neste trabalho. Os resultados obtidos apontam algumas deficiências do sistema de iluminação atual, como a assimetria entre as luminárias que gera grande variação nos níveis de iluminação no recinto. O novo projeto mostra que o simples reposicionamento das luminárias para uma configuração longitudinal aumenta consideravelmente a uniformidade da iluminação do recinto. A análise comparativa entre os sistemas permitiu averiguar uma grande economia no consumo energético com a implantação do sistema proposto, variando de 19,62% a 25,35% em função dos horários de utilização da sala de aula. Verificou-se, entretanto, a necessidade de sistemas de ativação automatizados das luminárias, devido à dificuldade de percepção visual do usuário quanto aos níveis de iluminação necessários a cada momento do dia.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/39146
Arquivos Descrição Formato
000825316.pdf (3.368Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.