Repositório Digital

A- A A+

O elogio da escola : de mulher para mulher, uma escola imaginada

.

O elogio da escola : de mulher para mulher, uma escola imaginada

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O elogio da escola : de mulher para mulher, uma escola imaginada
Autor Rosa, Cristina Maria
Orientador Dorneles, Malvina do Amaral
Data 2004
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Alfabetização
Imaginário social
Letramento
Mulher
Pelotas (RS)
Subjetividade
Teoria da complexidade
Resumo Esta tese trata das significações atribuídas à instituição escolar, seus saberes e as relações destes com a vida mesma por trinta mulheres em processos de Letramento. A pesquisa que epistemologicamente se funda na teoria do Imaginário Social e na teoria da Complexidade colocou em pauta exatamente este ponto: quais os sentidos atribuídos à escola para um grupo de mulheres migrantes que apresentaram o desejo de estudar e escolarizar os filhos. O grupo de interlocutoras da investigação é composto por mulheres com pouca escolaridade, que estão cursando programas de Alfabetização, mulheres que voltaram a estudar depois de uma pausa para escolarizarem os filhos e mulheres que nunca se afastaram da escola e hoje trabalham nela como educadoras. Critério organizador da amostra a posteriori, a migração – de espaço e/ou de sentido - une essas mulheres. A escolha da Etnometodologia orientou o percurso investigativo e, dentre os procedimentos metodológicos adotados, devem ser destacados os roteiros de pesquisa respondidos por escrito, entrevistas individuais gravadas em áudio, elaboração do diário de campo e categorização dos sentidos atribuídos que compuseram o imaginário instituído e instituinte O objeto da investigação permitiu compreender quais os sentidos que este grupo de mulheres atribui à escola – sentidos já instituídos socialmente, restritos à funcionalidade instrumental de escola –, e a produção de outros ainda não instituídos – inscritos no campo da arte, da paixão, do sonho, da superação, da auto-estima, dos relacionamentos interpessoais e do movimento. A partir dessa polissemia foi possível contrariar hipóteses afirmadas pelo olhar moderno e acadêmico; foi possível também uma aproximação aos sentidos ainda não instituídos, desejos de escola que a tornam maior do que é: o elogio da escola.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/3927
Arquivos Descrição Formato
000405701.pdf (1.374Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.