Repositório Digital

A- A A+

A amplificação do gene 16S RRNA é mais sensível do que a cultura automatizada no diagnóstico de peritonite bacteriana espontânea

.

A amplificação do gene 16S RRNA é mais sensível do que a cultura automatizada no diagnóstico de peritonite bacteriana espontânea

Mostrar registro completo

Estatísticas

Evento Salão de iniciação Científica (15. : 2003 nov. 24-28 : UFRGS, Porto Alegre, RS).
Título A amplificação do gene 16S RRNA é mais sensível do que a cultura automatizada no diagnóstico de peritonite bacteriana espontânea
Autor Taniguchi, Adriano Nori Rodrigues
Matte, Ursula da Silveira
Barth, Afonso Luis
Kieling, Carlos Oscar
Costa, Hugo Pena
Correia, Daniela
Ferreira, Cristina Helena Targa
Silveira, Themis Reverbel da
Orientador Vieira, Sandra Mara
Contido em Salão de Iniciação Científica (15. : 2003 : Porto Alegre). Livro de resumos. Porto Alegre : UFRGS, 2003.
Sessão Pediatria - Especialidades
Assunto Ciências da saúde
Peritonite : Diagnóstico
Bacteriologia
Criança
Tipo Resumo publicado em evento
URI http://hdl.handle.net/10183/39302
Arquivos Descrição Formato
000393133.pdf (13.85Kb) Resumo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.