Repositório Digital

A- A A+

Alterações neuromusculares e funcionais decorrentes do envelhecimento e da osteoartrite e suas consequências para mudanças na qualidade de vida em idosos

.

Alterações neuromusculares e funcionais decorrentes do envelhecimento e da osteoartrite e suas consequências para mudanças na qualidade de vida em idosos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Alterações neuromusculares e funcionais decorrentes do envelhecimento e da osteoartrite e suas consequências para mudanças na qualidade de vida em idosos
Autor Borges, Ariele
Orientador Vaz, Marco Aurelio
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Capacidade funcional
Idoso
Qualidade de vida
[en] Elderly
[en] Functional capacity
[en] Osteoarthritis
[en] Quality of life
[en] Rate of force development
Resumo Dados divulgados pelo IBGE (2010) apontam que a proporção de idosos na população brasileira registrou um aumento na última década, passando de 9,1% do total em 1999 para 11,3% em 2009. De acordo com a Síntese de Indicadores Sociais (SIS) - que analisa as condições de vida no país com base em diversos estudos - cerca de 21 milhões de brasileiros têm 60 anos de idade ou mais. O crescente aumento da população de idosos nos remete a expectativa de maior ocorrência nos casos de osteoartrite (OA) e conseqüente aumento na incapacidade destes indivíduos, ocasionando um problema de saúde pública. Especificamente, quer-se estudar os fenômenos que possam incapacitar os indivíduos idosos com OA, diminuindo sua autonomia e tornando-os dependentes de outras pessoas, comparando a função neuromuscular, os níveis de dor e a qualidade de vida entre idosos sintomáticos e assintomáticos para OA. Esta revisão demonstrou que estamos convivendo com idosos mais ativos, criando a perspectiva de um idoso construtor da sociedade, participante e não ausente. O ideal da longevidade, é que as pessoas envelheçam com boa saúde, alto grau de independência e autonomia. Por se acreditar que não podemos querer menos do que o ser humano inteiro, integral, realizado em todo o seu potencial de vida ativa, é que se torna importante um efetivo trabalho de conscientização sobre o processo de envelhecimento, suas causas e efeitos. Sugere-se a partir deste estudo, pesquisas que envolvam a comparação de variáveis, tais como força de extensores e flexores de joelho, taxa de desenvolvimento de força, capacidade funcional, nível de atividade física e fadiga, por se mostrarem fundamentais na independência física de um individuo que passa pelo processo de envelhecimento e que podem sofrer ao iniciarem um processo de degeneração comum a esta faixa etária, a osteoartrite.
Abstract Data released by the IBGE (2010) show that the proportion of elderly population in Brazil posted an increase in the last decade, from 9.1% of the total in 1999 to 11.3% in 2009. According to the Synthesis of Social Indicators (SIS) - which analyzes the living conditions in the country based on several studies - 21 million Brazilians are 60 years of age or older. The growing elderly population leads us to expect a higher occurrence in cases of osteoarthritis (OA) and consequent increase in the inability of these individuals, causing a public health problem. Specifically, we want to study the phenomena that can incapacitate the elderly with OA, reducing their autonomy and making them dependent on others, comparing neuromuscular function, pain levels and quality of life among the elderly to symptomatic and asymptomatic OA. This review showed that we are living among more active elderlies, creating the prospect of an elderly builder of society, a participant and not absent. The ideal of longevity, is that people grow old healthy, independent and with autonomy. By believing that we cannot be less than an entire human being, whole, fulfilled in all of its’ active life’s potential, it becomes important to have an effective campaign about the aging process, its causes and effects. It is suggested from this study, researches involving the comparison of variables such as strength of extensors and flexors off knee, rate of force development, functional capacity, level of physical activity and fatigue, because they show the fundamental physical independence of an individual going through the aging process and may undergo a process of degeneration common to the the individuals at this age, osteoarthritis.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/39329
Arquivos Descrição Formato
000825645.pdf (1.634Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.