Repositório Digital

A- A A+

A articulação dos conteúdos de Artes e Meio Ambiente

.

A articulação dos conteúdos de Artes e Meio Ambiente

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A articulação dos conteúdos de Artes e Meio Ambiente
Autor Martinez, Silvana Santos
Orientador Gil, Natália de Lacerda
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Ensino a Distância: Licenciatura.
Assunto Arte
Educação ambiental
Meio ambiente
Preservação ambiental
Resumo O presente trabalho busca mostrar como os educadores podem usar a Arte nas questões ambientais, obtendo melhores resultados no sentido de conscientização e transformação de hábitos. Ele apresenta alternativa para que os mesmos possam levar à sala de aula práticas educacionais eficientes, contextualizadas, que sirvam de apoio para trabalhar as questões ambientais. Os objetivos desta monografia foram demonstrar algumas estratégias para desenvolver nos alunos uma nova consciência sobre nosso papel nesse processo e reconhecer a importância da sensibilização através de manifestações artísticas como aliadas na conscientização ambiental. O espaço de pesquisa foi o estágio curricular realizado no primeiro semestre do ano de 2010, com minha turma do 4º ano do ensino fundamental. A tendência predominante nas escolas é não incluir a disciplina de Artes em seu currículo. No entanto, através desta pesquisa procuro demonstrar o quanto a referida disciplina pode ser útil para conscientizar os alunos no que se refere ao cuidado com o meio ambiente. As questões ambientais nunca foram tão discutidas quanto nas últimas décadas, isso porque se sente cada vez mais a necessidade de chamar a atenção de todos para a preservação dos recursos naturais que ainda restam. A escola, neste sentido, poderia ser uma fonte aliada, se cumprisse o seu verdadeiro papel. No entanto, o sistema de ensino adotado não tem surtido efeito, uma vez que transforma as aulas em mera transmissão de informações sem sentido para os alunos. A escola precisa inovar, buscando meios eficazes para contribuir na sensibilização dos alunos, mudando suas posturas perante a questão ambiental. O ensino desvinculado da prática não desperta curiosidade e nem o interesse necessários a um aprendizado efetivo. Pelo contrário, desmotiva o aluno afastando-o da escola. É o que observamos na pesquisa desenvolvida que apontou a necessidade urgente de uma mudança na prática docente, pois a descontextualização do ensino torna, também, o trabalho do professor monótono, colocando-o em uma situação tensa e difícil de contornar, uma vez que não consegue, durante as aulas, a atenção da maioria dos alunos. Assim, falta uma estratégia que consiga realizar a transição (reversível) entre teoria e prática. Porém, antes de pensarmos em sensibilizar aos alunos, necessitamos, como educadores, estarmos devidamente sensibilizados e preparados. Jamais conseguiremos fazer com que os alunos acreditem e defendam uma causa se não acreditarmos verdadeiramente nela, convencendo-os da necessidade de colocá-la em prática. Assim, este trabalho é mais um passo no sentido de formar as futuras gerações, de modo mais atuante e integrado ao meio em que vivem.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/39546
Arquivos Descrição Formato
000825079.pdf (292.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.