Repositório Digital

A- A A+

Prevalência de lesão adrenal incidental em pacientes submetidos a tomografia computadorizada de tórax e abdome em um hospital geral brasileiro

.

Prevalência de lesão adrenal incidental em pacientes submetidos a tomografia computadorizada de tórax e abdome em um hospital geral brasileiro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevalência de lesão adrenal incidental em pacientes submetidos a tomografia computadorizada de tórax e abdome em um hospital geral brasileiro
Outro título Prevalence of adrenal incidentaloma at computed tomography (chest and abdominal) in a general hospital in Brazil
Autor Ferreira, Eleci Vaz
Czepielewski, Mauro Antonio
Faccin, Carlo Sasso
Accordi, Melissa Coral
Furtado, Álvaro Porto Alegre
Resumo Introdução: Determinar prospectivamente a prevalência de lesão adrenal incidental a tomografia computadorizada (TC) em um hospital geral universitário brasileiro. Pacientes e Método: Estudo transversal, prospectivo, avaliando pacientes consecutivos sem doença adrenal conhecida, submetidos a TC de tórax e abdome no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, em um período de 10 meses. Incidentalomas adrenais foram definidos pela presença de alteração no contorno, tamanho ou densidade da glândula. Valores de kappa foram calculados, avaliando a concordância intra e inter-observador. Resultados: Identificaram-se 101 lesões adrenais incidentais em 83 de 3.382 pacientes, correspondendo a uma prevalência de 2,5% (IC 95%: 1,0%–3,2%). A prevalência de lesões adrenais aumentou com a idade e foi significativamente mais alta em pacientes do sexo masculino (3,3% vs. 1,5%; p= 0,01). Na avaliação das concordâncias intra e interobservador, obteve-se um kappa de 0,76 (boa concordância) e 0,83 (excelente concordância) respectivamente. Conclusões: A prevalência de incidentaloma adrenal detectada por TC foi semelhante à de diversas séries clínicas retrospectivas publicadas. Os dois fatores que influenciaram de forma independente a distribuição dos incidentalomas foram aumento na idade e sexo masculino.
Abstract Objective: To prospectively determine the prevalence of incidental adrenal lesions at computed tomography (CT) at an University Hospital in Brazil. Patients and Method: A cross-sectional prospective study was performed to evaluate 3,382 consecutive patients with no known adrenal disease or malignancies who underwent chest and abdominal CT scans over a ten-month period. The cases of adrenal incidentaloma were defined by the presence of any change in gland contour, size or density. Kappa values were calculated, evaluating the intra and inter-observer agreement. Results: One hundred and one incidental adrenal masses were identified, corresponding to 83 cases and a prevalence of 2.5% (CI 95%: 1.0%–3.2%).Male patients presented a higher prevalence of incidentaloma than female (3.3% vs. 1.5%; p= 0.01). There was a significant a s s o c i ation between older age and higher frequency of incidentaloma. Kappa of 0.76 and 0.83 (good and excellent agreement, respectively), were obtained in evaluating the intra and inter-observer agreements. Conclusions: The prevalence of adrenal incidentaloma detected by CT was similar to that of various published retrospective clinical series. The two factors that independently influenced the distribution of incidentalomas were older age and being male.
Contido em Arquivos brasileiros de endocrinologia & metabologia = Brazilian archives of endocrinology and metabolism. São Paulo. Vol. 49, n. 5 (out. 2005), p. 769-775
Assunto Diagnóstico por imagem
Espectroscopia de ressonância magnética
Estudos transversais
Neoplasias das glandulas suprarrenais
[en] Adrenal incidentaloma
[en] Computed tomography
[en] Prevalence
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/39632
Arquivos Descrição Formato
000540326.pdf (85.55Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.