Repositório Digital

A- A A+

Farroupilha e Moinhos de Vento : a urbanidade dos parques públicos de Porto Alegre

.

Farroupilha e Moinhos de Vento : a urbanidade dos parques públicos de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Farroupilha e Moinhos de Vento : a urbanidade dos parques públicos de Porto Alegre
Autor Sastre, Rodolfo Marques
Orientador Aguiar, Douglas Vieira de
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Avaliação
Parque Farroupilha (Porto Alegre, RS)
Parque Moinhos de Vento (Porto Alegre, RS)
Parques publicos
Urbanismo
Resumo O presente trabalho pretende investigar a urbanidade de dois Parques Públicos de Porto Alegre plenamente absorvidos pela população, e já consolidados pelo próprio tempo, os Parques Farroupilha e Moinhos de Vento. O trabalho se desenvolve através da aplicação de teorias que abordam o espaço de pontos de vista diferenciados, ora na escala urbana, ora inseridos no percurso interno dos próprios Parques. Estas teorias seguem as premissas indicadas por Hillier (1983) como condicionantes para que a urbanidade ocorra, são elas: a Condição Global, relativa à escala urbana; a Condição Local, voltada para determinadas áreas; e a Condição que enfoca o espaço arquitetônico e sua interface direta com os espaços externos. A malha urbana e suas conexões com os Parques, o papel dos elementos responsáveis pela legibilidade dos espaços, o espaço como gerador de emoções e a construção histórica destes locais, são analisados através de ferramentas específicas. Ferramentas que tratam do mapeamento das regiões, delimitam áreas de abrangência dos Parques, analisam suas conexões com o entorno e, até mesmo, vislumbram o percurso interno de um visitante hipotético que nos parques deriva. Estas, e outras características analisadas são parte dos elementos empregados para aferir se a urbanidade é plenamente atendida. O trabalho demonstra, por fim, que as condicionantes estão presentes nos dois Parques em maior ou menor escala, e que estes possuem vínculos enraizados na própria história da cidade e dos seus habitantes. Em sua essência, um Parque público é portador de urbanidade, mas, pela falta de alguns destes ingredientes talvez não consiga atendê-la de maneira plena.
Abstract This work intends to investigate the urbanity of two public parks in Porto Alegre fully absorbed by the population, and already established by the time, the Parque Farroupilha and Parque Moinhos de Vento. The work is developed through the application of theories that address space to different views, sometimes on an urban scale, sometimes inserted in the path of their own internal Parks. These theories follow the assumptions indicated by Hillier (1983) as conditions for the urbanity occur, they are: the overall condition on the urban scale, the local condition, focused on certain areas, and the condition that focuses on the architectural space and its interface directly to the outdoors. The urban network and its connections to the parks, the role of the elements responsible for the legibility of space, space as a generator of emotions and the historical construction of these sites are analyzed using specific tools. Tools that deal with the mapping of regions, border areas covered by the Parks, analyze their connections with the environment and even glimpse into the inner journey of a hypothetical visitor that comes in the parks. These and other features of the analyzed elements are employed to judge if the urbanity is fully achieved. This work demonstrates, finally, that the conditions are present in the two parks to a greater or lesser extent, and that they have ties rooted in the history of the city and its inhabitants. In essence, a public park is the bearer of civility, but the lack of some of these ingredients may not be able to answer it to the fullest.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/39659
Arquivos Descrição Formato
000819838.pdf (32.97Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.