Repositório Digital

A- A A+

Charqueada São João : um lugar de memória onde os tempos se misturam

.

Charqueada São João : um lugar de memória onde os tempos se misturam

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Charqueada São João : um lugar de memória onde os tempos se misturam
Autor Santini, Valesca Henzel
Orientador Oliveira, Lizete Dias de
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Museologia: Bacharelado.
Assunto Charqueada São João (Pelotas, RS)
Exposições
Museografia
Museu
[en] Exhibition
[en] Museology
[en] Museum
[en] Object
Resumo Este trabalho analisa a expografia da Charqueada São João, uma instituição que conserva e expõe um amplo acervo familiar de objetos domésticos. Construída no século XIX e aberta ao público desde 2000, a casa atualmente faz parte do roteiro turístico da região e recebe os mais diversos públicos, como turistas e estudantes, interessados em conhecer sua história. O objetivo do trabalho é compreender o discurso museográfico, além de identificar possíveis critérios de seleção dos objetos, para sugerir melhorias nas práticas expográficas da instituição, com vistas à adequálas aos conceitos da museologia. Através das referências teóricas de Jean Baudrillard, e procedimentos metodológicos propostos a partir da Teoria dos Objetos, de Abraham Moles, este estudo revela a existência de uma diacronia no discurso museográfico da instituição, que expõe objetos de diversas temporalidades em um mesmo contexto.
Abstract This paper analyzes the expography of Charqueada São João, an institution that preserves and exhibits extensive collection of familiar household objects. Built in XIX century and open to the public since 2000, the house is now part of the tourist area and receives all audiences, as tourists and students interested in learning about its history. The objective of this study is to understand the museological discourse and to identify possible criteria for selection of objects, to suggest improvements in the practices of the institution, in order to fit them the concepts of museology. Through the theoretical references of Jean Baudrillard, and methodological procedures proposed by Abraham Moles, this study reveals the existence of a diachrony in museological discourse of the institution, which exposes objects of different temporalities in the same context.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/40079
Arquivos Descrição Formato
000827133.pdf (7.111Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.