Repositório Digital

A- A A+

Aspectos da biologia reprodutiva do Golfinho-Nariz-de-Garrafa, Tursiops sp. (Mammalia, Cetartiodactyla), no Litoral do Rio Grande do Sul, Brasil

.

Aspectos da biologia reprodutiva do Golfinho-Nariz-de-Garrafa, Tursiops sp. (Mammalia, Cetartiodactyla), no Litoral do Rio Grande do Sul, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aspectos da biologia reprodutiva do Golfinho-Nariz-de-Garrafa, Tursiops sp. (Mammalia, Cetartiodactyla), no Litoral do Rio Grande do Sul, Brasil
Autor Musskopf, Gisele
Orientador Moreno, Ignacio Maria Benites
Co-orientador Danilewicz, Daniel
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase em Biologia Marinha e Costeira: Bacharelado.
Assunto Odontoceti : Golfinhos : Tursiops truncatus
Reprodução animal
Rio Grande do Sul, Litoral norte
[en] Delphinidae
[en] Reproduction
[en] Tursiops
Resumo Informações sobre os aspectos reprodutivos de golfinhos-nariz-de-garrafa (Tursiops sp.) no litoral do Rio Grande do Sul são escassos e limitados a dados de intervalo de nascimento, obtidos por esforços de foto-identificação. Este estudo representa as primeiras informações sobre características gonadais e maturidade sexual de golfinho-nariz-de-garrafa no sudoeste do Atlântico. Nesse sentido, tem como objetivo contribuir para o conhecimento da biologia reprodutiva de machos e fêmeas de golfinhos-nariz-de-garrafa do Rio Grande do Sul. A amostra é composta de 23 animais (14 machos e nove fêmeas) encalhados na costa do Rio Grande do Sul, sul do Brasil, no período de 1997 a 2011. As avaliações de maturidade sexual foram realizadas através de análises macro e microscópicas das gônadas. Fêmeas foram consideradas sexualmente maduras quando possuíam, pelo menos, um corpo lúteo ou albicans em seus ovários. Em machos a maturidade sexual foi determinada principalmente através de análises histológicas dos testículos. As idades foram estimadas a partir da contagem de GLGs presentes nas camadas de dentina dos dentes. Tursiops sp. com menos de seis anos foram classificados como imaturos, contudo há um grande intervalo nas estimativas de idade, entre os sete e 22 anos. Após os 23 anos os espécimes foram classificados como maduros. Quatro fêmeas e quatro machos foram considerados sexualmente maduros. Os ovários direito e esquerdo foram considerados fucionais, e não foi constatado lateralidade nas ovulações (ovários imaturos: teste-t pareado, p=0,33; e ovários maduros: teste-t pareado, p=0,17). O número máximo de corpos encontrados em uma fêmea foi nove. Duas fêmeas (coletadas em julho e setembro) possuem um corpo lúteo em um dos ovários, indicando uma recente ovulação ou prenhez (embora nenhum feto foi encontrado no útero). A massa dos testículos não apresentou assimetria bilateral (teste-t pareado, p=0,33). Um incremento notável na massa dos testículos ocorre com a maturidade sexual, machos maduros apresentam uma massa testicular combinada (média = 477g, intervalo = 295-853g) até 10 vezes maiores que os machos imaturos (média = 50g, intervalo = 21-96g). A maior fêmea imatura e a menor madura apresentaram 271cm e 206,5cm de comprimento respectivamente. O menor macho imaturo e o menor maduro apresentaram 301cm e 299cm de comprimento, respectivamente. Este estudo sugere que os dois sexos atingem a maturidade sexual, aproximadamente, entre os 270 e 300cm de comprimento. O valor estimado está um pouco acima para o resto do mundo, contudo, essa variação pode estar relacionada com as diferenças dos padrões entre as diversas populações de Tursiops.
Abstract Information on the reproduction of free-ranging bottlenose dolphins (Tursiops sp.) in the coast of Rio Grande do Sul is scarce and currently limited to data on calving interval obtained through photo-identification efforts. This study presents the first information on gonadal characteristics and maturity of bottlenose dolphins in the Southwestern Atlantic. In this sense, aims to contribute to the knowledge of the reproductive biology of male and female bottlenose dolphins in the Rio Grande do Sul. Data source are 23 animals (14 males and 9 females) stranded in coast of the Rio Grande do Sul, southern Brazil, in the period 1997-2011. Assessments of sexual maturity are realized through macro and microscopic analysis of the gonads. Females were considered sexual mature if at least one corpus luteum or albicans were present in the ovaries. Sexual maturity in males was determined through histological analysis of testis. The ages are estimated from the count GLGs present in layers of dentin of the teeth. Tursiops under six years are classified as immature; however there is a wide range in age estimates between the ages seven to 22 years, after 23 years the specimens are classified as mature. Four females and four males were considered sexual mature. Both right and left ovaries were functional, and no laterality in ovulation was noticed (ovaries immature: paired sample t-test, p=0,33; and ovaries mature: paired sample t-test, p=0,17). Maximum number of corpora in one female was nine. Two of the females (collected in July and in September) possessed one corpora lutea on the ovary, indicating a recent ovulation or pregnancy (although no fetus was found in the uterus). Testis mass did not presented bilateral asymmetry (paired sample t-test; p=0.33). A remarkable increment in testis mass was noted as sexual maturity was reached, with mature males presenting combined testes mass (average=477g, range=295-853g) up to 10 times fold than of immature males (average=50g, range=21-96g). The largest immature and smallest mature females were 271cm and 206,5cm in length, respectively. The largest immature and smallest mature males were 301cm and 299cm in length, respectively. Though preliminary, this study suggests that both sexes may attain sexual maturity when individuals are about 270-300cm long. The values of this study are slightly larger than for the rest of the world, but within the known patterns for Tursiops, considering that there may be variation between different populations.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/40113
Arquivos Descrição Formato
000786569.pdf (1.039Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.