Repositório Digital

A- A A+

Qualidade da água para consumo humano e seus resíduos em Tramandaí, RS

.

Qualidade da água para consumo humano e seus resíduos em Tramandaí, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Qualidade da água para consumo humano e seus resíduos em Tramandaí, RS
Autor Dariva, Fernando Gabriel
Orientador Pedrozo, Catarina da Silva
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase em Biologia Marinha e Costeira: Bacharelado.
Assunto Abastecimento de agua
Água : Consumo
Água : Controle de qualidade
Tramandaí (RS)
Tratamento da agua
[en] Efluentes home
[en] Manancial
[en] Using water
Resumo O uso da água para fins de saneamento, na cidade de Tramandaí – RS, Brasil, consiste na captação de água do Manancial Emboaba, que tem a maior parte de suas águas provenientes de outra lagoa próxima, a Emboabinha. A adequação da qualidade da água que é realizada pela Estação de Tratamento de Água Emboaba, que para isso realiza análises periódicas tanto da água bruta, quanto da água tratada. Após tratada, a água é distribuída ao longo da cidade, consumida pela população e gerando esgoto, sendo que 29,14 % das economias possuem coleta de esgoto, e 70,86 % não possuem. O esgoto coletado vai para a estação de tratamento, que reduz a carga poluidora desse efluente. O presente trabalho teve por objetivo analisar as mudanças das características da água ao longo deste percurso, através de dados fornecidos pela Companhia Rio-grandense de Saneamento (CORSAN). Este trabalho objetivou também estimar a vazão significativa de entrada de água na Lagoa Emboaba, e comparar os valores com a vazão de água captada para saneamento. Foram avaliados os parâmetros que indicam a qualidade da água, em coletas de água bruta, água tratada, esgoto bruto e efluentes. Os resultados revelaram o efeito prático do tratamento de água, como redução da turbidez e da cor, de amostras de água tratada comparada à água bruta. Foi observado também que os teores de matéria orgânica dos efluentes são significativamente inferiores aos do esgoto bruto, mas são superiores ao da água bruta, evidenciando que o tratamento de esgoto não está sendo suficiente para devolver ao meio ambiente a água com qualidade similar à que foi captada. O calculo da vazão significativa de entrada no manancial foi realizado através das medições de comprimento, velocidade e secção transversal, dos canais que passam por baixo da rodovia RS 30 e chegam a Lagoa Emboaba. O resultado desta medição demonstrou que a vazão de entrada de água no manancial é de 76844,16 metros cúbicos por dia. Considerando a vazão de retirada de água pela captação, que no ano de 2010 teve uma média de 269,189 metros cúbicos por dia, pode se concluir que esta retirada de água não afeta o manancial, pois a retirada representa apenas 0,35 % da vazão de entrada de água.
Abstract The use of water for sanitation in the city of Tramandaí - RS, Brazil, consists in obtaining water from the Fountain Emboaba, which has most of its water from another pond nearby, Emboabinha.The adequacy of water quality is undertaken by the Water Treatment Station Emboaba that it performs periodic reviews to both the raw water and treated water. Once treated, water is distributed throughout the city, consumed by the population and generating sewage and 29.14% of economies have sewage, and 70.86% do not. The sewage goes to wastewater treatment, which reduces the pollution load of effluent. This study aimed to analyze the changes of water features along this route, using data supplied by the Companhia Rio-grandense de Saneamento (CORSAN).This work also aimed to estimate the significant flow of water entering the lagoon Emboaba, and compare it with the flow of water abstracted for sanitation.We evaluated the variables that indicate water quality in samples of raw water, treated water, raw sewage and effluents. The data resulting from these tests were analyzed, and revealed the practical effect of water treatment, such as reduced turbidity and color from treated water samples compared to raw water. It was also observed that the levels of organic matter in the effluent are significantly lower than in raw sewage, but are superior to the raw water, indicating that wastewater treatment is not enough to restore the environment with water quality similar to that captured. The flow calculations significant input in the spring was made through measurements of length, velocity and diameter, the channels that pass under the highway and reach 30 RS lagoon Emboaba. The result of this measurement showed that the flow of water into the fountain is 76,844.16 meters cubic per day. Considering the flow rate of water removal by capture, which in 2010 had an average of 269.189 meters cubic per day, one can conclude that this withdrawal does not affect the water source, because the withdrawal represents only 0.35% of flow ingress of water.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/40138
Arquivos Descrição Formato
000786565.pdf (922.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.