Repositório Digital

A- A A+

O fazer psicológico na Casa Lar

.

O fazer psicológico na Casa Lar

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O fazer psicológico na Casa Lar
Outro título The psychological make at home house
Autor Farias, Letícia Coimbra
Orientador Antoni, Clarissa de
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Saúde Comunitária.
Assunto Acolhimento
Adolescente
Criança
Organizações
[en] Institutional shelter,
[en] Mother social
[en] Practice of the psychologist
Resumo Este trabalho relata a experiência profissional da Psicologia em um ambiente denominado Casa Lar, localizado no município de Porto Alegre. Esta modalidade de acolhimento institucional se refere à medida de proteção que ampara crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, vítimas de maus-tratos, negligência e abandono, tendo por objetivo principal oferecer aos pequenos moradores um cuidado personalizado e diversificado dos demais abrigos, sendo que cada Casa Lar acolhe oito crianças e adolescentes, os quais recebem os cuidados da Mãe Social. O texto apresenta um resgate histórico da institucionalização no Brasil, apresentando diversas mudanças de paradigma a respeito da infância e da violação de seus Direitos, chegando aos dias de hoje, onde a criança e o adolescente são vistos como cidadãos de Direitos e Deveres, amparados pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. O fazer Psicológico é descrito a partir da inserção na instituição, das conquistas e dos desafios que se apresentam quando se tem um amplo campo de atuação, voltado não somente às crianças e adolescentes acolhidos, mas também a todas as dimensões no qual estão inseridos, a fim de favorecer integralmente seu desenvolvimento biopsicossocial.
Abstract This paper reports the experience of psychology in an environment called Home House, located in Porto Alegre. This type of residential care refers to the extent of protection that protects children and adolescents in situations of social vulnerability, victims of abuse, neglect and abandonment, with the main objective to offer residents a small and diverse personal care from other shelters, and each House Home welcomes eight children and adolescents who receive Social care of Mother. The text presents a historical review of institutionalization in Brazil, presenting several paradigm shifts about childhood and the violation of their rights, even to today, where children and adolescents are seen as citizens with rights and duties, supported by the Statute Children and Adolescents. Doing Psychology is described by the insertion in the institution, the achievements and challenges that present themselves when there is a broad field, directed not only to children and adolescents received, but also to all the dimensions in which they are inserted, the order to promote full development is biopsychosocial.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/40228
Arquivos Descrição Formato
000826919.pdf (328.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.