Repositório Digital

A- A A+

Indicadores utilizados na entrevista lúdica diagnóstica para avaliação da capacidade simbólica da criança

.

Indicadores utilizados na entrevista lúdica diagnóstica para avaliação da capacidade simbólica da criança

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Indicadores utilizados na entrevista lúdica diagnóstica para avaliação da capacidade simbólica da criança
Autor Pereira, Jimena Anollés
Orientador Krug, Jefferson Silva
Data 2011
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Psicologia Clínica, ênfase em Avaliação Psicológica.
Assunto Avaliação psicológica
Comportamento de brincar
Entrevista psicodiagnóstica
Infância
Simbolismo
Resumo A observação da capacidade simbólica da criança é um importante elemento a ser observado durante a avaliação psicológica a partir da entrevista lúdica. A capacidade simbólica é o que permite à criança representar situações indiretamente a partir do brincar, que a permitam ressignificar conflitos, sem que para isso tenha que vivenciá-los concretamente, apropriando-se da situação. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi conhecer os indicadores utilizados na entrevista lúdica para avaliar a capacidade simbólica. Foram investigadas doze psicólogas através de uma entrevista semiestruturada. Desta pesquisa resultaram cinco categorias de análise que nortearam o levantamento dos resultados e descreveram os objetivos. Discutem-se os indicadores utilizados para avaliar a capacidade simbólica, os conhecimentos necessários, as técnicas e os materiais utilizados, e a definição de capacidade simbólica. Os resultados apontaram como indicadores observados a adequação à idade ou etapa do desenvolvimento, a avaliação do discurso, da comunicação e da expressão verbal, a diferenciação entre real e imaginário, a escolha, o conteúdo e a forma do brincar, o uso de diferentes materiais, a imaginação e a criatividade envolvida no jogo, a capacidade de personificação, a capacidade de contar/criar histórias/enredos, e a capacidade de usar metáforas. Foi possível concluir que perceber o quanto a criança é capaz de comunicar e simbolizar através do seu brincar é quesito norteador de aspectos avaliativos durante a entrevista lúdica. Deste modo, a avaliação da capacidade simbólica fala da capacidade de representar conflitos acessando, traduzindo e nomeando os afetos.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/40229
Arquivos Descrição Formato
000826924.pdf (129.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.