Repositório Digital

A- A A+

Agenda de segurança do Paraguai : desafios para a integração na América do Sul

.

Agenda de segurança do Paraguai : desafios para a integração na América do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Agenda de segurança do Paraguai : desafios para a integração na América do Sul
Autor Silva, Germano Ribeiro Fernandes da
Orientador Cepik, Marco Aurelio Chaves
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto América do Sul
Integração regional
Paraguai
Política de segurança
Relações internacionais
Segurança nacional
[en] Integration
[en] Paraguay
[en] Security
[en] South america
[en] Stateness
[en] Threats
[es] Amenazas
[es] América del sur
[es] Capacidades estatales
[es] Integración
[es] Seguridad
Resumo A presente monografia, que aborda a temática da segurança no Paraguai, cruza as percepções de Assunção a esse respeito com as potenciais ameaças à segurança nacional paraguaia, dedicandose a discriminar os desafios reais dos aparentes. A questão a que se propõe é: “de que maneira o subdesenvolvimento das capacidades estatais no Paraguai está ligado à insegurança no país?”. Para tanto, contextualiza a inserção do Paraguai no atual cenário de segurança na América do Sul a partir de uma abordagem regionalista. Após isso, busca traçar um breve panorama dos recentes desenvolvimentos políticos no país, focando no nível institucional, a fim de realizar uma análise das capacidades estatais paraguaias. Dessa forma, aliando os níveis subcontinental e doméstico, versa tanto conceitual quanto empiricamente sobre a violência e a ameaça de violência no território paraguaio, procurando situar o leitor quanto às diferentes manifestações visualizadas no Paraguai e como elas se materializam – ou não. A pesquisa permite concluir, em nível estrutural, que o recrudescimento circunstancial da percepção de insegurança no Paraguai advém das vulnerabilidades expostas pelo Estado, e em nível conjuntural, que o governo Lugo não promove a esperada ruptura com as políticas de segurança e defesa dos governos anteriores, que se caracterizam pela cooperação de baixa intensidade com os Estados Unidos. Por fim, tecem-se considerações acerca das implicações de um aprofundamento da cooperação com os Estados Unidos, assim como da importância geográfica do Paraguai para a integração sul-americana.
Abstract The monograph, which approaches the security theme in Paraguay, intersects the perceptions of Asunción in this respect with the potential threats to Paraguayan national security, and tries to discriminate the real challenges from the apparent ones. The question it aims to answer is: “how does the low degree of stateness in Paraguay is linked to insecurity in its territory?”. For this purpose, the insertion of Paraguay in the South American security scenario through a regionalist approach is made. Then, the monograph seeks to describe the recent political events in the country, focusing on the institutional level, in order to perform an analysis of stateness in Paraguay. Thus, linking the subcontinental level to the domestic, it deals empirically and conceptually with violence and the threat of violence in Paraguayan territory, so as to situate the reader about the different manifestations seen in Paraguay. Structurally, the research allows one to conclude that circumstantial intensification of insecurity perception in Paraguay comes from the exposed vulnerabilities of the state, and conjuncturally, that Lugo administration does not address the expected rupture from the former administrations’ security and defense policies, characterized by low intensity cooperation with the United States. Ultimately, considerations are made about the implications of closer cooperation with the United States, as well as about the geographical importance of Paraguay to South American integration.
Resumen Esta monografía, que aborda el tema de la seguridad en Paraguay, relaciona las percepciones de Asunción a este respecto con las potenciales amenazas a la seguridad nacional paraguaya, dedicándose a la discriminación de los desafíos reales frente a los desafíos aparentes. La pregunta que se erige es: “¿cómo la falta de desarrollo de las capacidades estatales en Paraguay está vinculada a la inseguridad en el país?”. Para tal, contextualiza la inserción de Paraguay en el escenario actual de seguridad en América del Sur a partir de un enfoque regionalista. Después, la búsqueda es un breve resumen de los recientes acontecimientos políticos en el país centrando-se en el nivel institucional, para lograr un análisis de las capacidades estatales paraguayo. Así, combinando los niveles sub-continental y nacional, trata tanto conceptual como empíricamente de la violencia y de la amenaza de violencia en el territorio paraguayo, para ubicar al lector sobre las distintas manifestaciones verificadas en Paraguay y la forma en que pueden materializarse. La investigación nos permite concluir, en el nivel estructural, que el aumento circunstancial de la percepción de inseguridad en Paraguay proviene de las vulnerabilidades expuestas por el Estado, y en nivel coyuntural nos permite concluir que el gobierno Lugo no promueve la ruptura esperada con las políticas de seguridad y defensa de los gobiernos anteriores, caracterizados por la cooperación de baja intensidad con los EE. UU.. Al final, se apuntan consideraciones sobre las implicaciones de una posible profundización de la cooperación con los EE. UU., así como de la importancia geográfica de Paraguay para la integración sudamericana.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/40266
Arquivos Descrição Formato
000826970.pdf (1.454Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.