Repositório Digital

A- A A+

Abscesso pulmonar de aspiração : dados diagnósticos e resultados terapêuticos em 241 casos

.

Abscesso pulmonar de aspiração : dados diagnósticos e resultados terapêuticos em 241 casos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Abscesso pulmonar de aspiração : dados diagnósticos e resultados terapêuticos em 241 casos
Autor Goldenfum, Paulo Roberto
Orientador Kulczynski, Jane Maria Ulbrich
Moreira, José da Silva
Data 2002
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina : Pneumologia.
Assunto Abscesso pulmonar
Abscesso pulmonar : Diagnóstico
Abscesso pulmonar : Terapia
Resumo O abscesso de pulmão continua sendo hoje, em plena era dos antibióticos, um importante problema médico. O presente trabalho se propõe mostrar aspectos diagnósticos e terapêuticos da doença em uma série de pacientes coletada nos últimos 34 anos em um hospital universitário especializado em doenças pulmonares. No período de 1968 a 2002 foram reunidos e estudados 241 casos de abscesso pulmonar de aspiração - 199 em homens e 42 em mulheres, com média de idade de 41,3 anos. Em 69,0% dos pacientes esteve presente a ingestão de álcool e em 64,0% o hábito tabágico. Tosse, expectoração, febre e comprometimento do estado geral foram os achados clínicos mais freqüentes, encontrados na quase totalidade dos casos; 62,5% tinham dor torácica e 30,0% hipocratismo digital. Verificaram-se dentes em mau estado de conservação em 81,7 % dos pacientes, episódio de perda de consciência em 78,0% e presença de odor fétido em 66,0%. Em 85,5% das vezes as lesões localizaram-se em segmento posterior de lobo superior ou segmento superior de lobo inferior, 97,1% delas unilaterais, ocorrendo com igual freqüência tanto no pulmão direito como no esquerdo. A maioria das lesões (66,0%) mediram entre 4,0 e 8,0 cm de diâmetro. Em 25 pacientes (10,4%) houve a associação de empiema pleural. Flora mista, indicativa da presença de germes anaeróbios, foi identificada em secreções broncopulmonares ou pleurais em 172 pacientes (71,4 %). Estreptococos e Gram negativos aeróbios foram também algumas vezes encontrados. Todos os pacientes foram inicialmente tratados com antibióticos (penicilina em 78,0% das vezes) e submetidos a sessões de drenagem postural. Em 51 (21,2%) acabou sendo necessário algum procedimento cirúrgico (24 drenagens de empiema, 21 ressecções pulmonares e 6 pneumostomias). Cura foi obtida em 231 pacientes (95,8%) e 10 (4,2%) foram ao óbito, estes em geral com grandes abscessos, três dos quais também com empiema.
Abstract Lung abscess is today – even after the advent of the antibiotics – an important medical problem. The aim of this work is to present diagnostic and therapeutic aspects of the subject in a group de patients studied in the last 34 years in a university hospital for pulmonary diseases. Between the years of 1968 and 2002 there were studied 241 patients with primary (anaerobic) lung abscess – 199 males, 42 females with a mean age of 41.3 yr. Alcohol abuse was reported by 69,0 % of the individuals and smoking by 64.0 % of them. Cough, expectoration, fever and poor clinical condition were present in almost all patients; thoracic pain in 62.5 % and clubbing in 30.0 %. Dental caries were seen in 81.7 %, episode of conscience loss were detected in 78.8% and foul smell in 66.0 %. The pulmonary lesions were situated in posterior segment of upper lobes or superior segment of lower lobes in 85.5 % of the cases – 96.6 % unilateral, occurring with same frequency at right or left side. Most of the lesions (66.0 %) had diameter between 4.0 and 8.0 cm. In 25 patients (10.4%) there were also pleural empyema. Mixed bacterial flora, indicative of anaerobes, were identified in pulmonary or pleural secretions in 172 patients (71.4%). Aerobic streptococci and Gram negative microorganisms were also sometimes seen in sputum of these individuals. Every patient received both antibiotics (penicillin in 78.0 % of the times) and postural drainage as first or sole treatment. In 51 (21.2 %) of them was also need to perform some surgical procedure: drainage of empyema in 24, pulmonary resection in 21 and pneumostomy in 6. Cure was obtained in 231 patients (95.8 %) and 10 (4.1%) died (they had large lesions, three of them with a complicating empyema).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/4027
Arquivos Descrição Formato
000451850.pdf (2.630Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.