Repositório Digital

A- A A+

Relações Brasil-França : da estagnação no pós-guerra à consolidação da parceria estratégica

.

Relações Brasil-França : da estagnação no pós-guerra à consolidação da parceria estratégica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relações Brasil-França : da estagnação no pós-guerra à consolidação da parceria estratégica
Autor Reckziegel, Juliana
Orientador Silva, André Luiz Reis da
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto Brasil
França
Relações internacionais
Segunda guerra mundial : 1939-1945
[en] Bilateral cooperation
[en] France
[en] Strategic partnership
Resumo O presente trabalho analisa a evolução dos contatos políticos entre Brasil e França no período que se estende do final da Segunda Guerra Mundial até a atualidade. O objetivo principal é demonstrar que os dois países foram se aproximando de tal forma, a partir de meados dos anos 1990, que passaram a partilhar visões comuns acerca do sistema internacional, dando origem a uma parceria estratégica, oficializada em 2008 com a adoção de um Plano de Ação. Nesse sentido, o Brasil angariou o apoio francês em sua ambição de tornar-se membro permanente em um Conselho de Segurança das Nações Unidas reformado. O trabalho observa, deste modo, a consolidação desta parceria a nível global, bem como a repercussão dos grandes contratos na área de defesa firmados na mesma oportunidade. Ademais, procurase identificar as razões que levam Brasil e França a discordarem a respeito de determinadas questões, como a liberalização agrícola mundial, negociada no âmbito da OMC.
Abstract This paper analyzes the evolution of the political contacts between Brazil and France during the period that starts with the end of the Second World War and comes to these days. The main purpose is to demonstrate that both countries started approaching from the middle of the 1990’s in a way that made them share common views about the international system, resulting in a strategic partnership, which was officialized in 2008 with the adoption of the Plan of Action. In this sense, Brazil has profited the French support in its ambition of becoming a permanent member in a reformed United Nations Security Council. The paper observes, thus, the consolidation of this partnership at the global level, as well as the repercussion of the great contracts on the defense area established during the same opportunity. Besides, it also tries to identify the reasons why Brazil and France diverge regarding some points, such as the world agricultural liberalization, negotiated in the scope of WTO.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/40280
Arquivos Descrição Formato
000827699.pdf (468.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.