Repositório Digital

A- A A+

Democratização na negociação coletiva para a formação da carreira do seguro social dos servidores do Instituto Nacional de Seguro Social -INSS

.

Democratização na negociação coletiva para a formação da carreira do seguro social dos servidores do Instituto Nacional de Seguro Social -INSS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Democratização na negociação coletiva para a formação da carreira do seguro social dos servidores do Instituto Nacional de Seguro Social -INSS
Autor Spínola, Rosa Cleide Correia Campos
Orientador Não informado
Data 2010
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Negociação Coletiva a Distância.
Assunto Negociação coletiva
Serviço público
Resumo Este artigo tem o objetivo de identificar o grau de democratização do processo de negociação coletiva para formação da Carreira do Seguro Social dos Servidores do INSS. Para tanto, adotou-se como referencial teórico os pressupostos do modelo de administração pública societal no que tange à democratização das relações de trabalho e a participação social na elaboração de políticas públicas. Para o alcance dos objetivos propostos optou-se pelo método de Estudo de Caso com característica exploratória e descritiva. O texto parte de uma crítica ao modelo gerencial de reforma do Estado, restrito às dimensões econômico-financeira e institucional- administrativa e apresenta os principais pressupostos do modelo societal e a sua proposta de democratização das relações de trabalho do setor público. A seguir, apresenta o conceito de negociação coletiva e as iniciativas do Governo Federal para a implantação de espaços de negociação no setor público. Finalmente faz-se a descrição e análise do processo de negociação coletiva para a formação da Carreira do Seguro Social buscando identificar o seu grau de democratização. No estudo identificou-se que, a falta de consenso entre as entidades sindicais, a participação limitada das entidades representativas dos servidores do INSS e ausência de representantes dos cidadãos usuários dos serviços previdenciários demonstram que o processo de negociação coletiva ainda não alcançou grau satisfatório de democratização que privilegie o consenso e a ampla participação social.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/40291
Arquivos Descrição Formato
000827996.pdf (929.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.