Repositório Digital

A- A A+

A emergência do novo regionalismo nas relações internacionais comerciais e financeiras

.

A emergência do novo regionalismo nas relações internacionais comerciais e financeiras

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A emergência do novo regionalismo nas relações internacionais comerciais e financeiras
Autor Fleck, Roberto Jacob
Orientador Faria, Luiz Augusto Estrella
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto Acordo comercial
Multilateralismo
Regionalismo
Relações comerciais
Relações internacionais
[en] Bilateral trade agreements
[en] International trade system
[en] Monetary regionalism
[en] Multilateralism
[en] New regionalism
[en] Persian Gulf
[en] South America
[en] Southeast Asia
Resumo Ao longo das décadas de 1990 e 2000, as relações comerciais internacionais apresentaram uma inflexão fundamental, chamada de novo regionalismo ou terceira onda do regionalismo, fenômeno este caracterizado por dois elementos principais. Primeiro, é observada uma proliferação de acordos de livre comércio bilaterais, sobretudo entre países de regiões geográficas e níveis de desenvolvimento distintos. O segundo é caracterizado pelo regionalismo monetário, tendência que representa os esforços de alguns grupos de países em criar sistemas e instituições monetárias regionais, a partir da constatação de que projetos de integração clássicos e instituições multilaterais não lograram a contenção e a superação de crises financeiras. Sendo assim, este trabalho procura avaliar as causas e consequências desses fenômenos, assim como analisar em quais regiões do planeta estes se manifestaram com maior clareza e o nível de desenvolvimento que o processo atingiu.
Abstract Over the 1990s and the 2000s, the international trade relations showed a crucial inflexion known as new regionalism or the third wave of regionalism. This phenomenon is characterized by two main elements. First, one can observe a proliferation of bilateral free trade agreements, especially between countries of different geographic regions and levels of development. The second one is characterized by monetary regionalism, a trend that represents the efforts of some groups of countries to create regional monetary systems and institutions, which arises from the fact that classic integration projects and multilateral institutions have failed to contain or to overcome financial crises. Therefore, this paper aims to evaluate the causes and consequences of these phenomena, as well as to analyze in which regions these occurred more clearly and the level of development this process has reached.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/40297
Arquivos Descrição Formato
000828029.pdf (882.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.