Repositório Digital

A- A A+

Negociação de conflitos : uma abordagem à gestão de pessoas no serviço público : estudo de caso na Universidade Federal do Maranhão

.

Negociação de conflitos : uma abordagem à gestão de pessoas no serviço público : estudo de caso na Universidade Federal do Maranhão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Negociação de conflitos : uma abordagem à gestão de pessoas no serviço público : estudo de caso na Universidade Federal do Maranhão
Autor Borges, Maria Elisa Cantanhede Lago Braga
Orientador Garay, Angela Beatriz Scheffer
Data 2010
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Negociação Coletiva a Distância.
Assunto Conflitos
Gestão de competências
Negociação coletiva
Serviço público federal
Resumo Esse estudo investiga a negociação coletiva e a noção de competência como ferramentas indispensáveis para solução de conflitos. A abordagem da negociação coletiva é um tema recente na Administração Pública Federal e é apresentada pela sua inserção no ordenamento jurídico, conceituação, funções, princípios e sua prática no âmbito do serviço público. De outro lado, temos a noção de competência, suas diferentes conotações ao longo do tempo, e entendida como o resultado da mobilização de recursos (conhecimento, habilidades e atitudes) na ação, que neste caso, é representada pela atuação em determinada circunstância ou situação conflituosa. Assim, esse estudo visa identificar a viabilidade de adoção da noção de competência como modelo para o desenvolvimento de negociação de conflitos no Departamento de Tecnologia Química do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia da Universidade Federal do Maranhão. Para isso, o método utilizado é o estudo de caso mediante pesquisa qualitativa, com técnica de coleta a entrevista semi-estruturada, visando investigar o conflito desencadeado entre todos os servidores técnico-administrativos e o Chefe do Departamento de Tecnologia Química do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia da Universidade Federal do Maranhão, setor da Universidade caracterizado por dissensos nas relações interpessoais. Participaram da pesquisa oito servidores técnico-administrativos, um gestor de unidade acadêmica e um dirigente sindical. A análise interpretativa das falas dos entrevistados indica um misto de autoritarismo e inflexibilidade, não credibilidade no processo de avaliação de desempenho como ferramenta importante para gestão de pessoas, ausência de diálogo e servidores dotados de talentos, habilidades, conhecimentos e atitudes para atuar como bons negociadores, itens esses em destaque no resultado do estudo. O estudo atendeu aos objetivos propostos, deixando claro que a instituição precisa rever algumas de suas estratégias na busca para apaziguar seus conflitos internos.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/40337
Arquivos Descrição Formato
000817311.pdf (419.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.