Repositório Digital

A- A A+

Análise técnica e pedagógica de metadados para objetos de aprendizagem

.

Análise técnica e pedagógica de metadados para objetos de aprendizagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise técnica e pedagógica de metadados para objetos de aprendizagem
Autor Silva, Julia Marques Carvalho da
Orientador Vicari, Rosa Maria
Co-orientador Passerino, Liliana Maria
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos Interdisciplinares em Novas Tecnologias da Educação. Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação.
Assunto Metadados
Objeto de aprendizagem
[en] Learning objects
[en] Lesson planning
[en] Metadata
Resumo O processo de ensino-aprendizagem visa que sujeitos-professores promovam o ensino a alunos, com o objetivo que eles adquiram um conhecimento. Entretanto, este processo é influenciado por diversas variáveis: estrutura curricular, perfil dos alunos, direção e coordenação pedagógica, corpo docente, comunidade onde estão inseridos, duração e planejamento das aulas, recursos disponíveis, etc. O planejamento permite que o professor organize e estabeleça como as aulas ocorrerão, bem como o tempo necessário, a fim de garantir a aprendizagem. Neste processo, o professor faz uso de recursos didáticos, como mediadores. Dentre as diversas possibilidades de recursos educativos, encontram-se os objetos de aprendizagem. Eles consistem em recursos físicos ou digitais, que tem como diferencial, o uso de um conjunto de metadados com informações relacionadas ao objeto de aprendizagem. Os metadados são arquivos padronizados que seguem especificações que orientam como estes devem estar descritos, de forma a permitir a indexação e recuperação em repositórios. Dentre as especificações para metadados, destacam-se: a Dublin Core, IEEE LOM e OBAA. O Dublin Core é a especificação mais utilizada por repositórios, entretanto, foi desenvolvida para descrever qualquer recurso, sendo educacional ou não. O IEEE LOM é considerada a especificação mais completa, e permite a descrição de objetos de aprendizagem físicos e digitais. O OBAA é uma proposta brasileira que se baseia no IEEE LOM e apresenta como diferencial, por exemplo, a descrição de objetos de aprendizagem multiplataforma e maior detalhamento das características pedagógicas. Os atuais estudos relacionados a objetos de aprendizagem e metadados concentram-se no desenvolvimento e uso destes recursos. Logo, não há pesquisas que relacionem o uso dos metadados como suporte ao planejamento pedagógico. Em face deste cenário, a presente tese investiga como os usuários-professores fazem uso dos metadados no planejamento pedagógico que inclui o uso de objetos de aprendizagem. Ainda, é investigado como os metadados da especificação OBAA auxilia na definição dos requisitos técnicos e pedagógicos, comparado ao Dublin Core e IEEE LOM. Para isto, foi realizada uma pesquisa qualitativa, usando as técnicas de grupo focal e o estudo de casos múltiplos, com a participação de dois tipos de sujeitos: especialistas e usuários professores. A pesquisa com os especialistas foi realizada sob a abordagem do grupo focal não estruturado, onde quatro casos foram analisados e discutidos. Já os usuários-professores participaram dos grupos focais semiestruturado e estruturado. Inicialmente, eles conceitualizaram os termos “recursos didáticos” e “planejamento pedagógico” para então desenvolver planos de aula fazendo uso de objetos de aprendizagem, onde se foi observado como os metadados se fizeram presentes no planejamento. Os resultados obtidos mostraram que a especificação OBAA atende os requisitos técnicos e pedagógicos, embora são propostas algumas modificações. Também foi possível identificar quais metadados realmente auxiliaram os professores no planejamento, destacando os que descrevem o recurso pedagogicamente. Ainda, percebeu-se que a especificação OBAA melhor auxiliou os professores neste processo, e neste sentido, foi proposto um conjunto reduzido de metadados OBAA contemplando os elementos essenciais para a descrição de um objeto de aprendizagem em um repositório e que assista o professor no planejamento.
Abstract The teaching-learning process aims to the teachers teach students, in order that they acquire knowledge. However, this process is influenced by several variables: curriculum structure, students background, direction and pedagogical coordination, its community, class duration and lesson planning, resources, etc.. The planning allows the teacher to organize and establish how the classes will occur, and the time necessary to ensure learning. In this process, the teacher makes use of pedagogical resources as mediators. Among the various possibilities of educational resources, are the learning objects. They consist of physical or digital resources, which has the advantage, the use of a set of metadata with information related to the learning object. The metadata files are standardized specifications that follow that guide how they should be described, to allow indexing and retrieval in repositories. Among the specifications for metadata include: the Dublin Core, IEEE LOM and OBAA. The Dublin Core is a specification used by many repositories, however, was developed to describe any resource, and educational or not. The IEEE LOM is considered the most complete specification, and allows the description of physical objects and digital learning. The OBAA a Brazilian proposal is based on the IEEE LOM and has unique features, for example, the description of learning objects and greater detail of multiplatform pedagogical features. The current studies related to learning objects and metadata focus on the development and use of these resources. Thus, there is no research that relate to the use of metadata to support educational planning. Given this scenario, this thesis investigates how users-teachers make use of metadata on educational planning that includes the use of learning objects. In addiction, it is investigated how the metadata specification OBAA assists in defining the technical and pedagogical requirements, compared to the Dublin Core and IEEE LOM. For this, we performed a qualitative study using focus group techniques and the study of multiple cases involving two types of subjects: teacher experts and users. The research was conducted with experts in the focus group approach is not structured, where four cases were analyzed and discussed. The users-teachers participated in semi-structured focus groups and structured. Initially, they conceptualized the term "educational resources" and "lesson planning" and then develop lesson plans using learning objects, which was observed as the metadata were present in the planning. The results showed that the specification meets the technical requirements OBAA and teaching, although some modifications are proposed. It was also possible to identify what metadata really helped the teachers in planning, highlighting that describe the teaching resources. Still, it was realized that the best specification OBAA assisted the teachers in this process, and in this sense, we proposed a reduced set of metadata OBAA contemplating the essential elements for describing a learning object in a repository and to assist the teacher in planning.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/40478
Arquivos Descrição Formato
000829179.pdf (4.656Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.