Repositório Digital

A- A A+

Estudo da precocidade diagnóstica dos melanomas cutâneos primários em Porto Alegre por análise de imagem computadorizada

.

Estudo da precocidade diagnóstica dos melanomas cutâneos primários em Porto Alegre por análise de imagem computadorizada

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da precocidade diagnóstica dos melanomas cutâneos primários em Porto Alegre por análise de imagem computadorizada
Autor Hampe, Suzana Vozári
Orientador Bakos, Lucio
Data 1997
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Clínica Médica.
Assunto Causalidade
Diagnóstico por computador
Diagnóstico por imagem
Diagnóstico precoce
Distribuição por sexo
Estudos transversais
Melanoma
Neoplasias cutâneas
Porto Alegre (RS)
Resumo Fundamentos: A literatura tem demonstrado que a detecção precoce e a remoção cirúrgica em fases iniciais reduz a mortalidade do melanoma e que, em conseqüência, a identificação do melanoma em fases curáveis deve ser encorajada. Objetivos: O interesse principal do estudo foi conhecer se os melanomas cutâneos, no meio, estão sendo diagnosticados em fases iniciais, através de método reprodutível e armazenável. Metodologia: Foi realizado um estudo transversal com os casos de melanomas cutâneos primários, analisados nos laboratórios de patologia de Porto Alegre, de 1° de janeiro de 1994 a 30 de junho de 1995, a fim de avaliar se os diagnósticos foram realizados em estágios precoces. Os casos foram revisados por três dermatopatologistas, que classificaram quanto ao tipo histológico e quanto ao nível de invasão de Clark. Foi realizado um consenso com pelo menos duas concordâncias. A espessura de Breslow foi considerada fator prognóstico determinante e foi medida através de um sistema de análise de imagem computadorizada, por dois membros da equipe. Resultados: Do total de 279 casos que preencheram os critérios de inclusão, 2,15% eram intraepiteliais. Dos melanomas invasivos, 52% tinham espessura ≤ 1,5 mm. Quando agrupado por sexo e procedência, as mulheres de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul, tiveram a mais alta taxa de diagnóstico precoce (75% ≤ 1,5 mm). O tronco foi o sítio predominante no homem e freqüente na mulher. O melanoma de espalhamento superficial foi o tipo histológico mais freqüente (80,9%), seguido pelo nodular (10,1%). Para definir os determinantes do diagnóstico precoce, foram realizados cruzamentos simples, dos melanomas intraepiteliais somados aos de espessura <0,76 mm, com o sexo, a idade, a procedência, a situação previdenciária, a região anatômica e o tipo histológico. A análise de variáveis múltiplas demonstrou que apenas o sexo (feminino), o sítio anatômico (outras regiões exceto membros inferiores) e a procedência (Porto Alegre) mostraram-se variáveis independentes para determinar um diagnóstico precoce. A idade ≥ 40 anos apresentou significância próxima ao limite. O tipo histológico foi excluído do modelo, uma vez que gerou instabilidade estatística. Conclusão: Embora o número de casos fosse pequeno, o diagnóstico do melanoma ainda é tardio (52% com até 1,5 mm de espessura). Entretanto, existe um subgrupo de diagnóstico precoce que são mulheres, sobretudo de Porto Alegre, possivelmente por estarem mais atentas e informadas sobre os riscos do melanoma. As mudanças no estilo de vida, nas últimas décadas, provavelmente são responsáveis pela maior incidência no tronco e pela alta freqüência de melanoma de espalhamento superficial encontrada. A análise da espessura tumoral por projeção em tela de computador mostrou-se um recurso auxiliar vantajoso.
Abstract Background: Early detection and surgical removal of malignant melanoma has been shown to reduce mortality, therefore identification of primary cutaneous melanoma at early stages should be promptly encouraged. Objectives: The main subject of the study was analyze if cutaneos malignant melanoma have early diagnosis by a computer image analysis system. Methods: A cross-sectional study was performed with the cases of primary cutaneous melanoma, analysed by pathology laboratories in Porto Alegre, from 1st January, 1994 to 30th June, 1995, to determine whether the diagnosis was performed at early stages. Three dermatopathologists reviewed the histological type and Clark’s level of invasion by light microscopy and a consensus was achieved with at least two agreements. Breslow’s thickness was measured by computer analyses image system, by two members of the study. Results: Of a total 279 cases selected, 2,15% were in situ malignant melanoma, 52% of the invasive melanomas showed a thickness of ≤ 1,5 mm. When grouped by gender and citizenship, women from Porto Alegre had the earlier diagnosis (75% ≤1,5 mm). The predominant site in men was the trunk and also very frequent in woman. Superficial spreading melanomas comprised 80,9% of cases, followed by 10,1% nodular. Bivariate analysis was perfomed to define determinants of earlier diagnosis, using in situ and < 0,76 mm thickness cases: gender, age, citizenship, anatomic location, health insurance situation and histological type. Through multivariate analysis only gender (female), anatomic site (other than lower extremities) and citizenship (Porto Alegre) were significant independent determinants, while age ≤ 40 presented a marginal significance. The histological type was excluded from the model since it generated statistical instability. Conclusions: Although the number of cases was small, the diagnosis is still late (52% with ≤1,5 mm). This study identifies a group of patient with early diagnosis: women, mainly from Porto Alegre are probably more aware about risk of melanoma. Lifestyle changes in the last decades could be responsible for the highest incidence of melanomas on the trunk and of the high frequency of superficial spreading malignant melanoma. The computer image analysis system showed to be an advantajous tool for the measurement of tumor thickness.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/4058
Arquivos Descrição Formato
000347110.pdf (4.575Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.