Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da remoção da lama dentinária das paredes do canal radicular após o uso de diferentes fórmulas de EDTA estudo in vitro

.

Avaliação da remoção da lama dentinária das paredes do canal radicular após o uso de diferentes fórmulas de EDTA estudo in vitro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da remoção da lama dentinária das paredes do canal radicular após o uso de diferentes fórmulas de EDTA estudo in vitro
Autor Pezzi, Ana Paula Weissheimer
Orientador Fachin, Elaine Vianna Freitas
Data 2005
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Canais radiculares : Tratamento
Endodontia
Resumo O objetivo do presente estudo foi avaliar, através de Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), a capacidade de remoção da lama dentinária nas regiões cervical, média e apical do canal radicular após a utilização das soluções de EDTA dissódico, trissódico e tetrassódico a 17% e do gel de EDTA a 24% durante a preparação do canal radicular. A amostra consistiu em 100 dentes humanos, monorradiculares, extraídos, aleatoriamente divididos em cinco grupos. Nos grupos experimentais foram utilizados soluções de EDTA dissódico, trissódico e tetrassódico a 17 % e gel de EDTA trissódico a 24%. No grupo controle foi utilizado água destilada. Cada dente foi dividido longitudinalmente e analisado no MEV. As paredes dos canais radiculares foram examinadas nas regiões cervical, média e apical quanto à remoção da lama dentinária, presença de detritos e abertura dos túbulos dentinários. Durante este processo, foram realizadas fotomicrografias com aumento de 2000 vezes. O sistema de classificação utilizado na análise foi: 0 – ausência de lama dentinária, túbulos dentinários abertos e livres de detritos; 1 – lama dentinária moderada, contorno dos túbulos visíveis ou parcialmente preenchidos por detritos; 2 – abundante lama dentinária, sem distinção do contorno dos túbulos. Para a análise estatística foram utilizados os testes não paramétricos de Friedman e Kruskall-Wallis. Os resultados mostraram diferença estatística entre os grupos teste e controle (p=0,01). No entanto, quando comparados entre si, os grupos teste não apresentaram diferença significativa. Foi verificado na comparação entre as regiões cervical, média e apical diferença estatística no grupo que foi utilizado EDTA gel (p=0,01). Neste grupo foi observado que a eficácia de remoção da lama dentinária foi menor na região apical do que nas regiões cervical e média, que não apresentaram diferenças entre si. A maior presença de lama dentinária na região apical foi confirmada ao se reunir todos os grupos em que se utilizou EDTA e comprovar que a região apical apresentava significativamente mais lama dentinária do que as regiões cervical e média (p=0,01). Dessa forma pode-se concluir que as soluções de EDTA dissódico, trissódico e tetrassódico a 17% e o gel de EDTA trissódico a 24% foram eficientes na remoção da lama dentinária e que a região apical do canal radicular apresentou maior presença de lama dentinária do que as regiões cervical e média.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/4362
Arquivos Descrição Formato
000500602.pdf (3.976Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.