Repositório Digital

A- A A+

Rinossinusite fúngica em pacientes com infecção nasossinusal crônica

.

Rinossinusite fúngica em pacientes com infecção nasossinusal crônica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Rinossinusite fúngica em pacientes com infecção nasossinusal crônica
Outro título Fungal rhinosinusitis in patients with chronic sinusal disease
Autor Dall'Igna, Celso
Palombini, Bruno Carlos
Anselmi, Fabio
Araújo, Elisabeth
Dall'Igna, Daniela Pernigotti
Resumo Objetivo: Estudar a rinossinusite fúngica em pacientes com infecção nasossinusal crônica. Nas últimas décadas houve aumento das infecções fúngicas, e a rinossinusite fúngica (RSF) tem sido mais freqüentemente diagnosticada. O conhecimento da flora fúngica, da sua prevalência e da apresentação sintomática em pacientes portadores de rinossinusite crônica (RSC) permitirá um melhor entendimento da doença, fato importante para a realização do diagnóstico, estabelecimento do tratamento e formulação do prognóstico. Forma de estudo: clínico retrospectivo com coorte transversal. Material e Método: 62 pacientes com diagnóstico de RSF foram selecionados entre 890 portadores de RSC submetidos à cirurgia endoscópica. Avaliou-se anamnese, exame otorrinolaringológico com videoendoscopia nasal, TC dos seios da face e exames microbiológicos e histopatológico. Resultados: A prevalência de RSF foi de 6,7% em portadores de RSC submetidos à cirurgia endoscópica dos seios paranasais, e o tipo de fungo mais encontrado foi do gênero Aspergillus. Bola fúngica foi encontrada em mais da metade dos casos, e RSFA, em mais de um terço dos pacientes. Conclusões: A evolução sintomática após a cirurgia endoscópica foi mais favorável nos portadores de bola fúngica, que necessitaram menor número de reintervenções.
Abstract Aim: Fungal rhinosinusitis in patients with chronic sinusal disease study. In the past decades, there has been an increase in fungal infections, and fungal rhinosinusitis (FRS) has been diagnosed more frequently. Knowing the fungal flora, its prevalence and symptomatic presentation in patients with chronic rhinosinusitis (CRS) will allow a better understanding of this disease, permitting a correct diagnosis, and treatment and formulating its prognosis. Study design: clinical retrospective with transversal cohort. Material and Method: 62 patients diagnosed with FRS were selected among 890 cases of CRS undergoing endoscopic surgery. We assessed clinical history otolaryngologic examination with nasal videoendoscopy, CT scan, microbiologic and histopatologic tests. Results: The prevalence of FRS was 6.7% and the fungal type most frequently found was the gender Aspergillus. Fungal ball was found in more than half the cases, and allergic fungal rhinosinusitis (AFRS) in more than one third of the patients. Evolution after endoscopic sinus surgery was more favorable in patients with fungus ball, with a minor number of recurrences. Conclusions: The symptomatic evolution following endoscopic surgery was more favorable in patients with fungal ball, who require a lower number of re-interventions.
Contido em Revista brasileira de otorrinolaringologia. Rio de Janeiro. Vol. 71, n. 6 (nov./dez. 2005), p. 712-720
Assunto Fungos
Micoses
Nariz
Rinite
Sinusite
[en] Fungus
[en] Mycosis
[en] Nose
[en] Sinusitis
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/48961
Arquivos Descrição Formato
000532584.pdf (127.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000532584-02.pdf (170.9Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.