Repositório Digital

A- A A+

Estudo dinâmico da faringe e sua relação com os sinais da aspiração faríngea e do pigarrear

.

Estudo dinâmico da faringe e sua relação com os sinais da aspiração faríngea e do pigarrear

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo dinâmico da faringe e sua relação com os sinais da aspiração faríngea e do pigarrear
Autor Scornavacca, Giuliano
Orientador Moreira, José da Silva
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Pneumologia.
Assunto Aspiração respiratória
Condições patológicas anatômicas
Faringe
[en] Aspiration
[en] Fluoroscopy
[en] Pharynx
[en] Phlegm throat
[en] Radiography
Resumo Introdução: O sinal da aspiração faríngea (SAF) e o sinal do pigarrear (SPIG), manifestações clínicas em geral relacionadas, respectivamente, a doenças de vias aéreas superiores e inferiores, são expressões de mecanismos de defesa de natureza mecânica que atuam na limpeza do trato respiratório, e com freqüência encontram-se associados à tosse crônica. Repercutem especialmente em nível faríngeo, com as correspondentes modificações estruturais desse compartimento. Objetivo: Descrever e analisar as modificações anatômicas e características fisiológicas que servem de base para a ocorrência do SAF e do SPIG. Métodos: Estudo clínico observacional onde, foram selecionados 30 indivíduos adultos de ambos os sexos, portadores de rinussinusite crônica, fora de agudização, os quais foram submetidos a exames de imagem, estáticos (radiográficos) e dinâmicos (fluoroscópicos), de modo a ser possível estudar as alterações anatômicas nos momentos mencionados (SAF, SPIG), e durante a situação de repouso (REP). Os pacientes eram colocados em posição ortostática, de perfil, buscando-se, com isto, reduzir os efeitos da sobreposição de tecidos, objetivando tornar as mensurações mais acuradas. Cada um dos 30 indivíduos foi estudado nas três situações: em repouso (REP), em manobra de aspiração faríngea (SAF), e durante o ato do pigarrear SPIG). Usaram-se testes de média para comparações entre as mensurações (teste T e ANOVA), intervalos de confiança de 95,0 %, adotando-se nível de significância de 5,0 %. Resultados: Encontrou-se a área transversa da faringe medindo 4,13±1,339 cm² na posição de repouso, 1,879±0,950 cm² durante a manobra de aspiração, e 5,280±1,421 cm² durante o pigarrear. Esses três valores foram todos significativamente diferentes entre si (p<0,001). A maior variação com relação ao repouso ocorreu no SAF (120,0% menor), enquanto que no SPIG foi em torno de 30,0% maior. Os valores foram menores entre as mulheres, mas a variabilidade foi similar em ambos os sexos. Conclusão: A área da secção transversa da faringe, mensurada no nível da primeira vértebra cervical de indivíduos adultos, mostrou-se significativamente menor durante a manobra inspiratória (SAF), em comparação com a situação de repouso (REP), enquanto que a do pigarrear (SPIG) foi significativamente maior. As modificações do calibre da faringe, em especial o acentuado estreitamento durante o SAF, associadas a movimentos vibratórios das estruturas locais, devem conferir a esse compartimento maior eficiência na remoção das secreções do trato respiratório.
Abstract Introduction: The signs of both pharyngeal aspiration (SPA) and phlegm in the throat (SPT), clinical manifestations generally related, respectively, to either upper or lower diseases of the airways, are expressions of mechanic defense mechanisms for respiratory tract cleaning, frequently associated to chronic cough. They have repercussion mainly at pharyngeal level, with the correspondent structural modifications of that compartment. Objective: To describe the anatomic modifications and physiologic characteristics in which are based the grounds for the SPA and SPT occurrence. Methods: Clinical and observational study in which were selected 30 of both sex adult individuals, all with inflammatory upper airways disease, with the purpose to specially study the alterations in morphology of the pharynx, which occurs during the SPA and SPT expression. For that, the individuals in orthostatic position were submitted to static (radiographic) and dynamic (fluoroscopy) image exams, in profile projections, aiming with this to reduce the tissue superposition and to obtain more accurate measurements. Each of the 30 individuals were studied in three situations: at rest (RST), in SPA and SPT. Tests of media (T, ANOVA) were used for comparisons between measurements, adopting a 5.0% significance level. Results: It was found the transverse area of pharynx measuring 4.133±1.339 cm2 in the rest (RST) position, 1.879±0.950 cm2 during pharyngeal aspiration (SPA), and 5.280±1.421 cm2 in SPT – values that were significantly different (P<0.001). In relation to the rest situation, the most accented variation occurred in SPA (120.0% smaller), whereas in SPT it was 30.0% greater. The values were smaller among females, but their variability was similar in both sexes in all the three situations. Conclusions: In comparison to the rest situation (RST), the transverse section of the pharynx, measured at the first cervical vertebra, was significantly smaller during the aspiration (SPA), and greater on the SPT maneuver. The modifications of the pharynx caliber, specially its accented narrowing associated to vibratory movements of the local anatomic structures, should be confer to that compartment a better efficiency for secretion removal from the respiratory tract.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/48992
Arquivos Descrição Formato
000829271.pdf (871.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.