Repositório Digital

A- A A+

Tecnologia : ferramenta para a construção de aprendizagem significativa, colaborativa, interativa.

.

Tecnologia : ferramenta para a construção de aprendizagem significativa, colaborativa, interativa.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tecnologia : ferramenta para a construção de aprendizagem significativa, colaborativa, interativa.
Autor Braum, Mara Núbia Bilhalva
Orientador Bombassaro, Luiz Carlos
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Ensino a Distância: Licenciatura.
Assunto Interação
Relação
Tecnologia educacional
[en] Education
[en] Interaction
[en] Relations
[en] Tecnology
Resumo No contexto escolar o convívio se faz presente a todo instante, os sentimentos se entrelaçam e novas relações vão surgindo são pessoas que vêm de lares e famílias distintas cada um com sua história de vida, suas neuroses, medos, ansiedades, vontades... Cada qual com sua concepção de mundo, seus objetivos e intenções. E no vai e vem das ações escolares vão surgindo novas relações e histórias de fracasso ou de sucesso. Os educadores são os orientadores nesse turbilhão de emoções que se renovam a cada dia e, portanto devem buscar alternativas que contribuam para que o sucesso seja o caminho de todos. Na escola encontramos pessoas que estão à espera da solução mágica, aquela que vai trazer a receita infalível que resolverá todos os problemas entre seus pares e outros agentes envolvidos no processo educacional, negando assim o caráter processual de mudança da realidade. Não podemos ser omissos precisamos fazer a nossa parte, aliando-nos aos que também desejam a transformação. É preciso ousar, operar rupturas com o modelo obsoleto de escola onde os espaços e métodos têm a ver com prisões e mosteiros e preocupar-se com a construção de conhecimento onde cada um se sinta responsável pela sua transformação e a do meio onde vive. Eu venho de uma formação no ensino tradicional, mas a partir da experiência adquirida através de vinte e três anos de convivência com meus alunos em sala de aula procuro reelaborar a cultura pessoal e profissional buscando novas e melhores práticas que levem a realização social desses alunos. O que implica propor modos mais atraentes de aprendizagem onde alunos, pais e professores sintam na pele as transformações ocorridas. Em 2006 quando iniciei o curso de Pedagogia na UFRGS vislumbrei estratégias educacionais com a utilização de mídias e tecnologias no espaço escolar e desde então sonho em proporcionar a todos os alunos a interação social e tecnológica que um computador conectado a internet possibilita. Com todas as minhas turmas desde o meu ingresso no PEAD a tecnologia esteve presente e foi ferramenta muito importante para a construção de aprendizagens que aconteceram de forma agradável, entusiasta e principalmente interativa. A interatividade estimulada através da tecnologia proporciona a nós educadores aulas mais dinâmicas e atrativas que abrem novos horizontes para a aprendizagem dos nossos alunos que já nasceram mergulhados na linguagem da informática. Cada vez mais, os blogs e as redes sociais são usados para a troca de informações e esclarecimentos de dúvidas. Não raro encontramos professores e familiares trocando recados, e-mails e arquivos de imagens entre si o que configura a necessidade da escola de utilizar essas mídias para que o conhecimento não seja compartilhado apenas com as pessoas mais próximas que auxiliam a lidar com as novas situações, mas com outros indivíduos que podem estar muito distantes fisicamente mas que através de um clique no mouse interagem, trocam informações e tornam-se autores de novas aprendizagens. Neste trabalho pretendo reafirmar a necessidade do uso de tecnologia nos espaços escolares para que novas e constantes ressignificações do processo de aprendizagem apontem para uma educação de qualidade.
Abstract School context interaction makes present every moment, feelings intertwine and new relations arise are people who come from different homes and families each one with their life history, neuroses, fears, anxieties, desires ... Each one with their own conception of the world, their goals and intentions. At school actions are emerging stories and new relations of failure or success. Educators are the supervisors in this whirlwind of emotions that are renewed each day therefore must seek alternatives that contribute to the success be the way of all. At school we find people who are waiting for the magic solution, the one that will solve all the problems among their pairs and others involved in the educational process, being against the procedural character of changing reality. We can’t be omitted and must do our part, allying ourselves to those who also want to change. It’s necessary to dare, operate breaks with the obsolete model of school where space and methods are linked with prisons, monasteries and to get worried about the construction of knowledge where everyone feels responsible for their transformation and the middle where they live. I have come from a traditional training of teaching, but from the experience gained through twenty-three years of living with my students in the classroom, I try to recreate the personal culture and professional seeking new and better practices taking to social achievement of these students. It implies to propose more attractive ways of learning where students, parents and teachers really feel the changes. In 2006 when I started the course of Pedagogy at UFRGS I could see educational strategies with the use of media and technology at school since then, the dream of providing all the students the possibility of social interaction and technology that a computer connected to the Internet provides. In all my classes during the the PEAD, the technology was present and it was a very important tool for the construction of learning where took place in a pleasant, enthusiastic and mostly interactive. Interactivity stimulated through the technology provides us educators more dynamic and attractive lessons to give new opportunities for the learning of our students who were born immersed in the language of computing. More and more, blogs and social networks are used for the exchange of information and clarification of doubts. We often find teachers and families by exchanging messages, emails and images files among themselves which configures the need for the school to use these media so that the knowledge is not shared only with those closest people to help with new situations, but with other individuals who may be far away physically but through a click on mouse interact, exchange information and become authors of new learning. In this article I intend to reaffirm the necessity of using technology in school spaces for new and constant reinterpretation of the learning process show a quality education.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/49024
Arquivos Descrição Formato
000826840.pdf (707.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.