Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da efetividade da orientação nutricional em pacientes adultos com acidente vascular cerebral : um ensaio clínico randomizado

.

Avaliação da efetividade da orientação nutricional em pacientes adultos com acidente vascular cerebral : um ensaio clínico randomizado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da efetividade da orientação nutricional em pacientes adultos com acidente vascular cerebral : um ensaio clínico randomizado
Autor Piper, Vanessa Alves
Orientador Chaves, Marcia Lorena Fagundes
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Acidente vascular cerebral
Dieta
Hábitos alimentares
Hipertensão
Prevenção secundária
[en] Diet
[en] Eating habits
[en] Hypertension
[en] Secondary prevention
[en] Stroke
Resumo Introdução e Resumo: O AVC (Acidente Vascular Cerebral) é uma das principais causas de morbidade e mortalidade a nível mundial, portanto, a identificação de fatores de risco e estratégias de prevenção é considerada de importância para a saúde pública. Dieta rica em frutas e vegetais, com sódio reduzido e aumento na ingestão de potássio reduz o risco de AVC. Este estudo preliminar tem como objetivo avaliar o impacto do aconselhamento nutricional nos principais fatores de risco para AVC em pacientes após acidente vascular cerebral recente, seguidos por 3 meses. No estudo principal estes pacientes serão seguidos por 12 meses. Métodos: Pacientes com AVC recente (até 3 meses do quadro inicial) atendidos no Hospital de Clínicas de Porto Alegre foram randomizados para receber aconselhamento nutricional com uma dieta DASH (grupo de intervenção -GI) ou seguir a dieta usual (grupo controle - GC). Foram avaliadas características clínicas e demográficas e em cada visita foram feitas medidas antropométricas, medição da pressão arterial, exames bioquímicos e recordatório de 24 horas da ingestão de alimentos. As visitas foram realizadas na randomização (visita 1) e 1 e 3 meses após a visita 1. Os desfechos primários foram a redução das medias de pressão arterial dentro dos 3 meses após randomização e a proporção de pacientes com pressão arterial controlada na visita 3. Resultados: Foram avaliados 48 indivíduos (21 no GI e 27 no GC), com uma idade média de 59 ± 12 anos. Não houve diferença significativa entre os dois grupos quanto aos desfechos primários. Observamos uma tendência de redução na pressão diastólica com um aumento na ingestão de cálcio (p = 0,06) e com aumento da ingestão de sódio, percebemos um aumento da pressão arterial diastólica (p =0,058) em ambos os grupos. Conclusões: Este estudo não demonstrou diferença no controle dos fatores de risco entre pacientes que receberam orientação nutricional comparados com aqueles com dieta usual. Possivelmente, a continuidade deste estudo, com um número maior de pacientes e um seguimento mais longo, poderá nos trazer resultados mais conclusivos sobre esta relação.
Abstract Background and Purpose: Stroke is a leading cause of morbidity and death at a global level, thus identification of risk factors and prevention strategies are considered of major public health importance. Diets rich in fruits and vegetables and with reduced sodium and increased potassium intake would reduce stroke risk. This preliminary study aims to assess the impact of nutrition counseling in the major risk factors for stroke in patients after recent stroke followed by 3 months. Methods: We randomized to receive nutritional counseling with a DASH Diet (Intervention group-IG) or follow usual diet (Control Group – CG) consecutive patients with acute stroke, assisted at the Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Clinical and demographic characteristics were assessed and in each visit anthropometric measures, arterial pressure, biochemical laboratory and 24-hour food-intake recordatory were collected and assessed. Patients were evaluated at baseline and at one and 3 months after allocation. Primary outcomes were the reduction of the mean arterial blood pressure within 3 months and the proportion of patients with controlled blood pressure at visit number 3. Results: Forty-eight individuals were randomly assigned to two groups (21 in the IG and 27 in the CG), with a mean-age of 59 ± 12 years. We did not observe significant differences between the two studied groups in the primary outcome. We observed a trend of reduction in diastolic BP with an increase in calcium intake (p = 0.06) and an increase in diastolic blood pressure (p= 0,058) in both groups associated to an increased sodium intake. Conclusions: The primary endpoint of this study was negative. Possibly, the continuity of the study with a larger number of patients followed for a longer period of time may provide us with more conclusive results about this relation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/49029
Arquivos Descrição Formato
000826926.pdf (1.987Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.