Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do impacto de um modelo de educação estruturada em grupo para pacientes com diabetes tipo 2 em atenção primária

.

Avaliação do impacto de um modelo de educação estruturada em grupo para pacientes com diabetes tipo 2 em atenção primária

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do impacto de um modelo de educação estruturada em grupo para pacientes com diabetes tipo 2 em atenção primária
Autor Grillo, Maria de Fátima Ferreira
Orientador Leitão, Cristiane Bauermann
Co-orientador Neumann, Cristina Rolim
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas: Endocrinologia.
Assunto Autocuidado
Diabetes mellitus tipo 2
Educação em saúde
Resumo A educação é parte importante do tratamento do diabetes melito (DM) e é por meio dela que os pacientes são capacitados para realizar o gerenciamento da sua doença. Este estudo teve por objetivos: (1) revisar a literatura disponível no que diz respeito ao efeito da educação na HbA1c de pacientes com DM tipo 2 e (2) avaliar o efeito de um programa de educação estruturado em grupo, aplicado por enfermeira generalista em uma Unidade de Atenção Primária, no controle metabólico de pacientes com DM tipo 2. A revisão da literatura demonstra que a educação em DM reduz a HbA1c em aproximadamente 0,5 % e o maior efeito é observado em pacientes com HbA1c >8%, sendo custo-efetiva mesmo quando não produz efeitos diretos na HbA1c. A educação individual e em grupos reduzem a HbA1c de forma semelhante. O efeito da educação diminui com o tempo e é proporcional ao tempo de exposição com o educador, logo, reforços e maior tempo de contato com o educador devem ser incluídos no planejamento de um programa educativo. A adaptação cultural e a utilização de tecnologia, como exemplo, o telefone móvel devem ser incorporadas ao processo, mas o tipo de profissional responsável por fornecer a educação não parece influenciar nos resultados obtidos. Por fim, técnicas de empowering, com desenvolvimento das capacidades do indivíduo, parecem ser particularmente efetivas. O ensaio clínico incluiu 137 pacientes randomizados em dois grupos: grupo de Intervenção, que participou de um curso estruturado de cinco semanas (10 h), com reforços de 2 horas a cada 4 meses, durante um ano, e o grupo Controle, que foi atendido de forma usual na unidade básica de saúde. O escore de conhecimento aumentou em ambos os grupos, e um maior incremento foi observado no grupo Intervenção (basal: 12±4.0 vs. após curso: 15±3 vs. após 12 meses: 16±3) em comparação ao Controle (basal: 12±3 vs. após curso: 13±3 vs. após 12 meses: 12±4; P < 0,001). Nenhuma diferença entre os grupos foi observado na HbA1c em quatro, oito ou doze meses quando comparado ao basal (Intervenção: 8.9±1.9 vs. 8.7±1.8 vs. 8.5±2.0 vs. 8.7±1.7; Controle: 9.2±2.1 vs. 9.2±2.1 vs. 9.4±2.3 vs. 9.1±2.2, P entre os grupos = 0,062). O benefício da educação só foi evidenciado após ajustes para a HbA1c basal e dose de insulina no final do estudo (P = 0,044). A pressão sistólica, diastólica e o índice de massa corporal diminuíram em ambos os grupos. O escore de estresse associado ao DM foi reduzido de forma mais importante no grupo Intervenção (-34±22) quando comparado com o grupo Controle (-26±18, P = 0,017). Concluindo, um curso educacional estruturado em grupos é uma ferramenta útil para evitar o aumento progressivo de HbA1c em pacientes com DM tipo 2 em atendimento em uma unidade de cuidados primários. O processo de aprendizagem é complexo e sua efetividade dependerá de fatores subjetivos além dos descritos acima, que incluem comprometimento do paciente para o autocuidado, vontade de aprender, apoio familiar, vínculo com a equipe, situação financeira, influências culturais, além de crenças e atitudes em relação à saúde.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/49038
Arquivos Descrição Formato
000827868.pdf (355.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.