Repositório Digital

A- A A+

Correlação da cadeia ossícular no transoperatório com achados histológicos de colesteatomas

.

Correlação da cadeia ossícular no transoperatório com achados histológicos de colesteatomas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Correlação da cadeia ossícular no transoperatório com achados histológicos de colesteatomas
Outro título Hystology findings' correlation between the ossicular chain in the transoperative and cholesteatomas
Autor Dornelles, Cristina de Carvalho
Rosito, Leticia Petersen Schmidt
Meurer, Luíse
Costa, Sady Selaimen da
Argenta, Andréia
Alves, Sabrina Lima
Resumo A Otite Média Crônica é definida pela presença de alterações teciduais inflamatórias irreversíveis na fenda auditiva. As lesões ossiculares são as mais prevalentes. Objetivo: Correlacionar o grau de comprometimento da cadeia ossicular, visualizada no transoperatório, com o grau histológico de inflamação e com a espessura da perimatriz de colesteatomas. Tipo de Estudo: Estudo transversal. Métodos: Descrições cirúrgicas de 71 pacientes foram revisadas. Colesteatomas coletados e fixados em formol 10% e preparadas uma lâmina em Hematoxilina-Eosina e outra em Picrossírios. A leitura foi “cega”, através de imagens digitais, no ImageProPlus. A análise estatística foi realizada através do coeficiente de Spearman, sendo considerados como estatisticamente significativos os valores de P≤0,05. Resultados: Havia algum envolvimento da cadeia ossicular em 65 casos. O ossículo mais freqüentemente afetado era a bigorna, seguida pelo estribo e pelo martelo. Ao aplicarmos o coeficiente de Spearman entre o grau de comprometimento da cadeia ossicular com a idade do paciente à cirurgia, a espessura da perimatriz e o grau histológico de inflamação não foram detectadas correlações. Conclusão: Os nossos achados indicam que é praticamente universal o acometimento da cadeia ossicular na presença de colesteatoma. Não foi encontrada correção entre a erosão ossicular e os achados histológicos.
Abstract Chronic otitis media is hystopathologycaly defined as the presence of irreversible inflammatory tissue changes in the middle ear. Ossicular lesions represent the most prevalent change. Aim: to correlate the degree of ossicular chain changes seen during surgery with the inflammatory histological degree and the thickness of the cholesteatoma perimatrix. Study design: Cross-sectional study. Methods: Seventyone descriptions of surgeries done in patients submitted to tympanomastoydectomy were reviewed. Cholesteatoma were collected and fixed in 10% formaldehyde. Two slides were made for each cholesteatoma, one stained with HE and another with picrossirius. Images were obtained from light microscopy and digitally processed and “blindly” analyzed using Image Pro-Plus Software. For statistical analysis we used Spearman’s coefficient. Differences were considered statistically significant if P≤0.05. Results: the ossicular chain was involved in 65 cases. The incus was the most frequently affected bone, followed by the stapes and the malleus. When the Spearman’s coefficient was employed considering ossicular chain change degree with patient’s age by the time of surgery, perimatrix thickness and histological degree of inflammation, correlations were not established. Conclusion: Our findings indicate that ossicular chain changes are practically universal when a cholesteatoma is present. We didn’t find correlations related with bone erosion and cholesteatoma’s histological findings.
Contido em Revista brasileira de otorrinolaringologia. Rio de Janeiro. Vol. 73, n. 6 (nov./dez. 2007), p. 738-743
Assunto Colesteatoma
Inflamação
Otite média
[en] Cholesteatoma
[en] Chronic otitis media
[en] Inflammation
[en] Ossicular chain
[en] Perimatrix
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/49052
Arquivos Descrição Formato
000648832.pdf (573.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000648832-02.pdf (553.8Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.