Repositório Digital

A- A A+

Sustentabilidade do uso da madeira tratada : uma análise das dimensões econômica e ambiental

.

Sustentabilidade do uso da madeira tratada : uma análise das dimensões econômica e ambiental

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sustentabilidade do uso da madeira tratada : uma análise das dimensões econômica e ambiental
Autor Fornari, Susana Müller
Orientador Coelho-de-Souza, Gabriela
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Desenvolvimento sustentável
Economia ambiental
Madeira
Recursos naturais
Reflorestamento
[en] Reforestation
[en] Sustainable development
[en] Treated wood
[en] Treatment in autoclaving
Resumo Devido a um mercado restrito aos limites naturais do planeta, as escolhas econômicas passam a ser feitas em relação à utilização das funções ambientais e nesse sentido as empresas começam a compatibilizar a sua atividade com o desenvolvimento sustentável. Nesse contexto, entra a madeira tratada, uma madeira de reflorestamento que com o tratamento passa a ter maior durabilidade e, portanto, substitui diversos usos da madeira nativa, cuja renovação é lenta e, portanto, um recurso limitado na natureza. Dessa forma, este trabalho teve o intuito de analisar a sustentabilidade do uso da madeira tratada, através das dimensões econômica e ambiental. A fim de alcançar esse objetivo, propôs-se, primeiramente, realizar uma revisão bibliográfica sobre a madeira tratada. Após, buscou-se caracterizar os impactos ambientais do uso da madeira tratada, sob a perspectiva de diferentes atores sociais. Com base nestes resultados, discutiu-se sobre as dimensões econômicas e ambientais do uso da madeira tratada no contexto do Desenvolvimento Sustentável. A metodologia constou de uma abordagem qualitativa a partir de: a) levantamento bibliográfico em livros, revistas especializadas, documentos técnicos e, b) realização de entrevistas semi-estruturadas com atores sociais divididos em quatro grupos, entre eles, ambientalista, técnico, empresa privada e setor público. A partir dos resultados obtidos, evidenciou-se que as perspectivas de crescimento da madeira tratada no mercado brasileiro são grandes e que o tratamento é realizado através de um processo industrial de alta tecnologia. A visão ambientalista, no entanto, condena os reflorestamentos por causarem impactos negativos na natureza, mas as outras visões defendem esses cultivos, caso haja o manejo florestal adequado, sendo que o tratamento em autoclave otimiza o uso da madeira, diminuindo os impactos sobre o meio ambiente. A partir dessas considerações, analisa-se que a madeira tratada atendeu às premissas do desenvolvimento sustentável, já que preserva as matas nativas, utiliza uma tecnologia limpa e oferece um produto com melhor custo-benefício ao consumidor, não deixando de fornecer produto madeireiro para a economia. Dessa forma, a madeira tratada pode ser considerada um produto sustentável, do ponto de vista econômico e ambiental.
Abstract Due to a limited market for the planet's natural limits, economic choices are being made regarding the use of environmental functions, and in that sense for companies to begin to adapt its activity to sustainable development. In this context, enter the treated wood, a wood of reforestation with treatment is to have greater durability and therefore replaces several uses of native wood, whose renewal is slow and therefore a limited resource in nature. Thus, this study aimed to analyze the sustainability of the use of treated wood, through the economic and environmental dimensions. To achieve this goal, it was proposed, first, to review literature on the treated wood. Afterwards, it was sought to characterize the environmental impacts of using treated wood, from the perspective of different social actors. Based on these results, it was discussed about the economic and environmental dimensions of the use of treated wood in the context of Sustainable Development. The methodology consisted of a qualitative approach from: a) literature in books, journals, technical documents, and b) conducting semi-structured interviews with social divided into four groups, among them environmental, technical, private company and public sector. The results obtained showed that the growth prospects of treated wood in the Brazilian market are large and that the treatment is performed through an industrial process technology. The environmental vision, however, condemns the reforestation to cause negative impacts on nature, but the other views defend these crops if there is proper forest management, and treatment in autoclaving optimizes the use of wood, reducing the impacts on the environment. From these considerations, it was analyzed that the treated wood met the assumptions of sustainable development, since it preserves the native forests, uses clean technology products and offers a better cost-effective for consumers, without stopping the offer the wood product in the economy. Thus, the treated wood may be considered a sustainable product, in economical and environmental terms.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/49185
Arquivos Descrição Formato
000826346.pdf (295.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.