Repositório Digital

A- A A+

Análise da presença de genes do Sistema de Secreção Tipo 6 em cepas de Escherichia coli patogênicas aviárias (APEC) isoladas de colissepticemia em frangos de corte do Rio Grande do Sul

.

Análise da presença de genes do Sistema de Secreção Tipo 6 em cepas de Escherichia coli patogênicas aviárias (APEC) isoladas de colissepticemia em frangos de corte do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise da presença de genes do Sistema de Secreção Tipo 6 em cepas de Escherichia coli patogênicas aviárias (APEC) isoladas de colissepticemia em frangos de corte do Rio Grande do Sul
Autor Oliveira, Aline Luísa de
Orientador Horn, Fabiana
Co-orientador Barbieri, Nicolle Lima
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase Molecular, Celular e Funcional: Bacharelado.
Assunto Colissepticemia
Resumo A indústria avícola apresenta grande importância na economia brasileira, sendo que o Brasil é o maior exportador e o terceiro maior produtor mundial de carne de frango. No entanto, alguns fatores diminuem a produtividade da indústria avícola. Entre esses fatores estão as infecções extra-intestinas causadas por Escherichia coli patogênicas aviárias (APEC), que podem afetar aves domésticas e selvagens. A colissepticemia, infecção generalizada causada por E. coli, geralmente inicia no trato respiratório superior, culminando com a morte da ave. Os fatores de virulência mais associados a APEC incluem adesinas, invasinas, fatores de resistência ao soro, sistemas de aquisição de ferro e toxinas. Além desses fatores, maquinarias denominadas de Sistemas de Secreção podem influenciar a patogenicidade de uma bactéria. Os componentes desses sistemas medeiam o transporte de proteínas efetoras através da membrana interna, do espaço periplasmático e da membrana externa da bactéria, e a compreensão do seu funcionamento é importante para o entendimento da interação patógeno-hospedeiro. Esse trabalho teve como objetivo verificar a presença de quatro genes componentes do Sistema de Secreção do Tipo 6 (T6SS) em 48 isolados APEC. O T6SS, descrito em Vibrio cholerae, apresenta um operon composto por 15 a 20 genes. Neste trabalho, foi investigada a presença dos genes clpV, hcp, vgrG e dos homólogos de icmF (presente no Sistema de Secreção do Tipo IV, descrito em Legionella pneumophila). A genotipagem das amostras com relação a esses genes foi realizada através de PCR (Reação em Cadeia da Polimerase) Multiplex, utilizando-se dois conjuntos distintos de oligonucleotídios, e os resultados das reações foram verificados por eletroforese em gel de agarose e tiveram como controles positivos as cepas APEC MT78 (AY395687) e APEC01 (NC_008563.1). Alguns dos isolados genotipados apresentaram os quatro genes investigados, o que aponta para a provável presença do T6SS, podendo esse ser um fator associado à virulência dessas cepas.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/49222
Arquivos Descrição Formato
000828515.pdf (1.340Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.