Repositório Digital

A- A A+

Curiosidade : uma fonte genuína às aprendizagens em Ciências Naturais

.

Curiosidade : uma fonte genuína às aprendizagens em Ciências Naturais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Curiosidade : uma fonte genuína às aprendizagens em Ciências Naturais
Autor Reis, Ana Paula Baldini
Orientador Junqueira, Heloisa
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Licenciatura.
Assunto Ciências naturais
Ensino fundamental
Resumo O estudo das Ciências Naturais no Ensino Fundamental pode ser espaço de exploração aprofundada àquele aluno e aprendiz, estimulados por suas curiosidades, que vivenciam os fenômenos naturais cotidianamente, por ventura se questionando sobre os mesmos. Quando o professor percebe que o aluno pode desencadear suas próprias aprendizagens a partir de questões geradas em seus contextos, essas aprendizagens poderão ser mais significativas, representando exercícios intelectuais salutares ao estudo de Ciências. Oportunizar, durante o processo de escolarização, espaço àquelas investigações genuínas pode fazer com que o encantamento dos alunos pelos estudos das Ciências seja desperto. Portanto, problematizar as circunstâncias suscitadas pela curiosidade daqueles que aprendem poderá ser contribuição de imenso valor às aulas. Desenvolver capacidade investigativa nos alunos tornará o estudo de Ciências Naturais mais significativo na medida em que as explorações desenvolvidas durante as aulas provocam aprendizagens para além da escola. Entretanto, poderíamos inferir que há uma diminuição do tema curiosidade durante a transição de séries iniciais às séries finais do Ensino Fundamental, acarretando conseqüente desinteresse pelo que se aprende e vivenciam na sala de aula. A curiosidade permaneceria vinculada particularmente à infância. O presente trabalho pretende, sem ser pretensioso, trazer algumas contribuições para demonstrar que se, durante a escolarização, os alunos vivenciarem situações favoráveis à problematização de suas indagações, essas poderão efetivar-se como férteis circunstâncias a aprendizagens mais significativas. Para inferir sobre o tema, fui observadora-pesquisadora no Colégio de Aplicação da UFRGS, tendo como foco de observação o Projeto Amora, vivenciado pelos alunos de 5ª e 6ª séries do Ensino Fundamental. As observações estiveram focalizadas nos projetos de pesquisa, desenvolvidos a partir de questões que o aprendiz suscita. Ao decorrer dessas observações, dispunha de um diário de campo em que anotava as principais percepções que surgiam e revelariam que esse poderia ser espaço para legitimação das indagações do aprendiz. Analisando as observações, foi possível inferir que há estímulo à curiosidade nesse espaço. Os alunos desenvolvem um processo investigativo, com origem em suas curiosidades, e são orientados por professores que auxiliam nas buscas de respostas. Constroem páginas virtuais que são desenvolvidas ao longo do processo investigativo.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/49224
Arquivos Descrição Formato
000828524.pdf (401.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo
Percorrer

  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.